Dia do Vinho 2017: atrações pela Serra gaúcha

Foto: Tatiana Cavagnolli, divulgação

O Dia do Vinho, que na verdade não é um dia mas duas semanas, é um período maravilhoso para amantes dessa bebida. Começa neste 19 de maio e vai até 4 de junho com mais de 200 atrações no Rio Grande do Sul, São Paulo, Bahia e Pernambuco, regiões produtoras de vinho. Entre as atrações estão polenta de 800 quilos, city tour em carros antigos, simpósio científico, atividades esportivas, feiras de rua e cursos de degustação. Tem muita coisa acontecendo por vinícolas, hotéis, pousadas, bares e restaurantes.

O Dia do Vinho é realizado pelo Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), pela Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação do Rio Grande do Sul e pelo Sindicato Empresarial de Gastronomia e Hotelaria (Segh) – Região Uva e Vinho.

A programação completa do Dia do Vinho 2017 pode ser acessada no site diadovinho.com.br. Abaixo, estão alguns dos destaques na Serra gaúcha.

 

Dia do Vinho 2017

DESTAQUES DA PROGRAMAÇÃO
 

19 de maio

 ANTÔNIO PRADO (Região Uva e Vinho)

Jantar harmonizado da dobradinha

Local: Restaurante Scolaro (Rua Valdemar Mansueto Grazziotin, 370 – Centro)

Horário: 19h30min

Cardápio: dobradinha de bucho, massas Giulian, arroz branco, saladas de pepino, cebolinha, pimentão em conserva, radicci com bacon, crem, maionese de batata, pão d’água. Sobremesa: maçã em calda de vinho tinto, figada, pão d’água e café. Harmonização: vinhos Don Simon Merlot Safra 2012, Don Simon Cabernet Souvignon Safra 2012 e Primo Fior Origine Moscato Safra 2014. Demais bebidas: suco integral de uva e água

Valor: R$ 50 por pessoa

Informações: Cândido Giulian – (54) 3293.1026 e Sadi Macagnan – (54) 3293.1309

 

FLORES DA CUNHA (Região Uva e Vinho)

Jantar Cordeiro e Vinho

Local: Vinícola Gilioli (Estrada dos Vinhais, 1.000)

Horário: 19h30min

Cardápio: cordeiro, polenta de milho branco, queijo serrano ao forno, radicci e batatas da Nonna, vinhos e sucos

Valor: R$ 45 por pessoa

Informações: Everton Scarmin – (54) 991.211.010

PINTO BANDEIRA (Região Uva e Vinho)

Cardápio Especial Restaurante My Way com Vinhos de Pinto Bandeira

Local: Restaurante My Way (Rua Francisco Ferrari, 656 – Barracão)

Datas: almoço – dias 20, 21, 27 e 28/05 | jantar – dias 19, 20, 26 e 27/05

Horário: almoço às 12h e jantar às 20h

Cardápio harmonizado: brinde de boas-vindas – espumante Cave Geisse. Entrada: charutos na folha de parreira. Prato principal: creme de moranga – vinho branco Chardonnay Aurora Pinto Bandeira. Rigatoni com mini costela bovina assada – vinho tinto Cabernet Franc Valmarino. Sobremesa: creme de laranja ao molho Merlot e biscoito amanteigado – espumante Moscatel Don Giovanni
Valor: R$ 85 por pessoa
Informações: Maurício Cripa – (54) 981.183.398

 

VILA FLORES (Região Uva e Vinho)

Filó Italiano de Vila Flores

Local: Casa do Filó (Rua Luiz Roncato, 31 – BR 470, km 117)

Datas: de 19/5 a 4/6 – sob reserva

Horário: a partir das 19h

Atração: filó Italiano tradicional em que, além de farto cardápio típico, serão servidos três tipos de vinho: tinto Isabel, branco Trebiano e suave Rosé; suco de uva natural e geleia de uva.

Valor: R$80 por pessoa

Informações: Maki ou Alide – (54) 991.670.633

 

 

20 de maio

BENTO GONÇALVES (Região Uva e Vinho)

Filó em São Miguel

Local: Casa Osmarin (Distrito de São Miguel, Roteiro Caminhos de Pedra – Bento Gonçalves)

Data: 20/5, 27/5 e 3/6

Horário: das 18h às 21h30min

Atração: típico encontro festivo dos descendentes de imigrantes italianos movido a música e mesa farta com pão feito na hora, geleia artesanal, salame, queijo, suco de uva, vinho colonial, vinho doce, graspa, polenta com ragu, polenta brustolada, fortaglia, grostoli, frutas da época e sobremesas.

Valor: R$ 150 por pessoa – inclui transporte e degustação de produtos regionais. Observação: mínimo de 15 pessoas para saída do grupo

Informações: Rodrigo (54) 3455.3570

 

Meia Maratona Wine Run

Local: Vinícola Gran Legado (Linha Leopoldina – Vale dos Vinhedos)

Horário: 9h

Percurso: 21km

Categorias: individual ou dupla

Valores de inscrição: 1º lote – R$160. 2º lote – R$190. 3º lote: R$240

Taça para Festa do Espumante: R$40

Observação: limite de 1.000 inscritos na prova

Informações: (54) 9997.45787

 

MONTE BELO DO SUL (Região Uva e Vinho)

9o Polentaço

Local: Centro de Tradições Italianas e Prefeitura Municipal (Praça Padre José Ferlin)

Datas e horários:

19/5 – das 19h às 23h

20/5 – das 10h às 21h

21/5 – das 10h às 19h

Entrada gratuita

Atração: tombo de polenta gigante de 800kg (nos dias 20 e 21 de maio), gastronomia, feira de artesanato, agroindústria e vinhos, shows regionais e a única exposição de esculturas de polenta do mundo. Além de encontro de motos

Informações: (54) 3457.2050

 

21 de maio

FARROUPILHA (Região Uva e Vinho)

Piquenique no parque – Comemoração aos 142 anos da imigração italiana

Local: Parque da Imigração Italiana (Distrito de Nova Milano)

Horário: das 14h às 17h

Evento gratuito

Atração: quatro entidades venderão comidas com valor simbólico. Haverá várias atrações culturais em comemoração ao 142o aniversário da imigração italiana.

Informações: (54) 3261.6963

 

24 de maio

FARROUPILHA (Região Uva e Vinho)

Jantar harmonizado no Bistrô Milano

Local: Bistrô Milano (Avenida Mons. Albino Agazzi, 326 – Distrito de Nova Milano)

Horário: 20h

Cardápio: saladas, massas, carnes e porções. Além do jantar, desconto de 30% em alguns vinhos.

Valor: R$ 75 por pessoa

Informações: Maiquel – (54) 999.906.041

 

26 de maio

GARIBALDI (Região Uva e Vinho)

Confraria do Espumante

Local: Vinícola Chandon (BR-470, km 224)

Horário: 18h30min

Evento gratuito

Mediante reserva, vagas limitadas

Atração: apreciadores e convidados discorrerão sobre a história e demais aspectos relevantes do espumante, contemplando todas as vinícolas locais. Podem participar homens e mulheres, com mais de 18 anos, e o limite de público é estabelecido de acordo com o espaço local.

Informações: (54) 3462.8235

 

1º de junho

BENTO GONÇALVES (Região Uva e Vinho)

III Simpósio Vinho e Saúde

Local: Fundação Casa das Artes (Rua Henry Dreher, 127 – Planalto)

Data: 1/6 a 3/6
Valores: inscrições até 20/5, de R$ 100 a R$ 250, após, de R$ 130 a R$ 300. Grupos a partir de 10 pessoas têm 20% de desconto

Programação completa: www.simposiovinhoesaude.com.br/programacao/pt

Informações: (54) 3455.1800

 

FARROUPILHA (Região Uva e Vinho)

Feira do Vinho da Afavin

Local: Largo Carlos Fetter (RST 453 KM 119,3 2050 – Nova Vicenza)

Data: 1/6 a 3/6

Horário: das 7h às 11h

Atração: Venda de vinhos feita diretamente pelos produtores, com participação das vinícolas Cappelletti e Tonini

Informações: João Carlos Taffarel – (54) 999.674.353

 

2 de junho

CAXIAS DO SUL (Região Uva e Vinho)

Feira do Vinho

Local: Praça Dante Alighieri

Datas: 2 a 4/6

Horário: das 10h às 19h

Atração: dez vinícolas associadas a Rede de Vinícolas de Caxias do Sul (Revinsul) participam do evento comercializando vinhos e sucos com preços promocionais. Além disso, estão previstas palestras e minicursos de degustação. A programação é gratuita e aberta ao público em geral.

Organizadores: Prefeitura de Caxias do Sul, por meio da Secretaria Municipal da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SMAPA), Secretaria Municipal do Turismo (SEMTUR), Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Emprego (SDE), e Revinsul

Informações: (54) 3290.3800 ou 3290.3816 – sag@caxias.rs.gov.br

 

GARIBALDI (Região Uva e Vinho)

3o Jantar Estrada do Sabor

Local: Associação dos Motoristas de Garibaldi (Rua Antônio Bortolini, 400 – Bairro São José)

Horário: 20h

Atração: este evento iniciou em 2015 com a proposta de realizar uma noite deliciosa e tradicional, com pratos e bebidas elaborados pelas famílias do roteiro Estrada do Sabor, animada por boas conversas e repertório musical do Grupo Emozioni, de Garibaldi.

Cardápio do jantar, harmonizado com licores, espumantes e vinhos: presunto tipo Parma; queijo maturado colonial; polenta brustolada; sopa de agnoline; carne lessa; saladas diversas; pães; nhoque a três queijos com salame defumado; tortéi; costelinha suína no forno; galinha recheada com pien no forno; pudim; sagu com creme; abóbora caramelizada; e frutas em calda.

Venda de ingressos antecipados com as famílias integrantes do roteiro: (54) 3462.6807 (Bettú), (54) 3464.7555 (Bettú Lazzari), (54) 3464.1380 (Brugalli) e (54) 3464.7888 (Vaccaro)

Valor: R$ 78 por pessoa

Informações: (54) 3462.6807

 

3 de junho

GARIBALDI

Festival Colonial Italiano

Local: Parque da Fenachamp

Datas: 3 e 4/6

Horários: sábado (3), a partir das 19h30min, e domingo (4), a partir das 11h30min

Atração: a Associação dos Veteranos de Garibaldi (AVG) é responsável pela preparação do cardápio. Somente os homens trabalham na cozinha. Farta gastronomia, regada a suco e vinho, diversos shows e mesas coletivas alegram os dois dias do tradicional evento do município.

Valor: R$ 35 por pessoa

Informações: (54) 3462.2228, (54) 3462.8235

 

PINTO BANDEIRA (Região Uva e Vinho)

Jantar harmonizado na Vinícola Don Giovanni

Local: Restaurante e Pousada Don Giovani (Linha Amadeu, km 12)

Horário: 20h

Cardápio harmonizado

Entrada: saladas diversas – Espumante Don Giovanni Rosé Brut

Prato principal: risoto de alcachofra – Espumante Don Giovanni Brut 24 meses

Segundo prato: frango com passas de uva e cebola/ batata com alho e alecrim – Vinho Don Giovanni Cabernet Franc

Sobremesa: cassata de sorvetes com calda de espumante e pêssego em calda

Valor: R$ 130 por pessoa / Crianças de seis a 12 anos pagam R$ 65

É necessário fazer reserva antecipada.

Informações: Lya – (54) 3455.6293

 

4 de junho

CAXIAS DO SUL (Região Uva e Vinho)

Panela no Pátio – Feira Gastronômica

Local: Quinta Estação Eventos (Av. Independência, 2.432 – bairro Exposição)

Horário: das 11h às 18h

Atração: a terceira edição o evento traz 10 chefs com pratos elaborados a preços populares. Os chefs Henrique Neves (HN Gastronomia), Mauro Cingolani (diretor da Escola de Gastronomia da UCS), Lela Zaniol (Destemperados), Vicente Perini (Quinta Estação), Rosana Collato e Carine Ruaro (Mercado do Sanduíche), Rico Vilela (Comida Mineira), Simone Vanin (Doce de Forma), Fabio Centenaro (Nella Pietra Pizza), Daniela Chedid (Libanesa), Marcia Callai e Luciano Almeida (Original Brigaderia) serão os responsáveis pelo menu da iniciativa.

Valor: entrada franca. Preços do cardápio, de R$ 5 a R$ 25, conforme o prato

Informações: Paulo Silva – (54) 991.201.483

 

FARROUPILHA (Região Uva e Vinho)

2a Caminhada do Vinho com almoço na Vinícola Perini

Local: saída da loja Hermelu Esportes (Rua Independência, 566 – Centro)

Horário: a partir das 8h

Inscrições: devem ser feitas antecipadamente na loja Hermelu Esportes ou pelo telefone (54) 999.277.418, com Célia

Atração: o grupo embarcará às 8h em um ônibus, em frente à loja Hermelu Esportes, em direção à Capela de São Miguel, no interior de Farroupilha. Chegando ao local, iniciará a caminhada de 13 quilômetros, percorrendo belíssimas paisagens, que inclui passagens pelas Capelas de São Roque e Santos Anjos e pelas vinícolas Slomp e Cappelletti. Ao término, previsto para as 11h30min, o grupo chegará à Vinícola Perini, onde fará um tour guiado e aproveitará as delícias do almoço harmonizado com sucos de uva, vinhos e espumantes da marca.

Cardápio: sopa de agnoline; risoto com molho vermelho; radicci com bacon; galeto no forno marinado com vinho branco e ervas; batatas gratinas com manteiga e alecrim; e sorvete de creme e uva com calda de vinho. O retorno para o Centro de Farroupilha está previsto para as 15h

Valor: R$ 70 por pessoa (inclui caminhada, transporte, suporte e almoço harmonizado)

Informações: (54) 9.9927.7418

 

FLORES DA CUNHA (Região Uva e Vinho)

Menarosto e vinho na Praça da Bandeira

Local: Praça da Bandeira (Avenida 25 de Julho – Centro)

Horário: das 12h às 17h

Atração: festival com Menarosto, prato que é patrimônio cultural do município, e acompanhamentos em porções, doces, vinhos, espumantes, sucos de uva e shows

Informações: (54) 3292.1722

 

VERANÓPOLIS (Região Uva e Vinho)

4o Pedal da Longevidade

Local: largada e chegada no Parque Municipal José Bin (Alameda Santos Dumont, s/n – Bairro Femaçã)

Horário: a partir das 7h

Atração: os ciclistas poderão se aventurar em dois trajetos (curto e longo) e/ou passear por belas paisagens, testar suas habilidades e conhecer novos ciclistas. E as crianças, que terão um trajeto especial, também poderão se aventurar com os amigos e familiares pelo bairro Femaçã.

Inscrições: https://www.sprinta.com.br/evento/194257YnzIXdwu

Valores: antecipadas – R$ 40,00; no dia do evento – R$ 50,00. Inscrições Kids/Família – sem custo. Inclui: café da manhã, placa para bike, pontos de lanche e hidratação, veículo de apoio, vestiários, medalha de participação, seguro ciclista, cobertura fotográfica. Camiseta do evento para as 100 primeiras inscrições pagas.

Informações: ciclistasavc@gmail.com

 

Encontro de carros antigos e tour Alfredo Chaves

Local: Parque Municipal José Bin (Alameda Santos Dumont, s/n – Bairro Femaçã)

Horário: a partir das 8h30

Atração: encontro de Carros Antigos e tour pela antiga colônia de Alfredo Chaves, a bordo de carros antigos.

Valor do city tour com carro antigo: R$ 50 (três pessoas por carro)

Informações: Alfy Peruzzo – (54) 991.188.434

 

VeraCult – Quermesse Enogastronômica

Local: Parque Municipal José Bin (Alameda Santos Dumont, s/n – Bairro Femaçã)

Horário: das 10h às 20h

Atração: festival enogastronômico de encerramento do Dia do Vinho 2017, regado a vinhos, gastronomia e cultura, incluindo o Projeto Girando Arte com danças folclóricas, teatro e circo, Concerto da Orquestra de Sopros de Veranópolis, apresentações artísticas, exposição e passeios em carros antigos, Pedal da Longevidade, espaço kids e outras atrações.

Entrada gratuita

Informações: (54) 3441.5953

 

Anúncios

Atrações em Bento Gonçalves no Natal e Ano Novo

Foto: Almir Dupont, divulgação, arquivo

Foto: Almir Dupont, divulgação, arquivo

Pensando em aproveitar os últimos dias do ano para passear em Bento Gonçalves? Aqui estão algumas opções de passeios, incluindo de Maria Fumaça, e visitas a vinícolas e outros atrativos. Os horários foram repassados pela Secretaria Municipal de Turismo de Bento.

programacao-natal-e-ano-novo-bento-goncalves

Festival do Moscatel, em Farroupilha (RS)

Ilha onde ficam as oito vinícolas. Foto: Kelly Pelisser

Ilha onde ficam as oito vinícolas. Foto: Kelly Pelisser

Estive no Festival do Moscatel, em Farroupilha (RS), neste fim de semana. Esse já foi o terceiro ano que participo do evento promovido pela prefeitura em parceria com a Associação Farroupilhense de Produtores de Vinhos, Espumantes, Sucos e Derivados (Afavin). Mas essa edição é especial para as vinícolas de Farroupilha, uma vez que já estão chegando ao mercado os primeiros produtos com o selo de Indicação de Procedência da cidade. O festival ocorre em dois finais de semana, então, agora você só tem os dias 9, 10 e 11 de setembro para participar. Na verdade, só a sexta de noite ou o domingo de meio-dia, se ainda não comprou ingresso, porque os dois sábados já estavam com tickets esgotados ainda antes do festival abrir. Pelo preço de R$ 115 (para adultos), você come e bebe à vontade.

Uma das três ilhas de pratos quentes. Foto: Kelly Pelisser

Uma das três ilhas de pratos quentes. Foto: Kelly Pelisser

Há mesas e cadeiras dispostas pelo Centro de Eventos do Parque Cinquentenário (o mesmo que abriga a Fenakiwi). No centro, há uma grande ilha onde ficam as oito vinícolas da cidade, com vinhos tintos e brancos, espumantes e suco de uva (uma delas tem também graspa). Na entrada, você recebe uma taça do Festival e pode se servir quantas vezes quiser. Ah, a taça você pode levar para casa depois. Na carta de vinhos do Festival não tem só moscatel. São cerca de 40 rótulos entre espumantes moscatéis, frisantes moscatéis, vinhos moscato, espumante brut, vinhos tintos finos, sucos de uva (tinto e branco) e água.

Um dos pratos montados com a sequência sugerida pelo festival. Foto: Kelly Pelisser

Um dos pratos montados com a sequência sugerida pelo festival. Foto: Kelly Pelisser

A comida fica em três ilhas nas laterais. Nesse ano, cada uma delas é composta por um menu completo: uma carne, massa ou risoto mais acompanhamentos, além de saladas. A minha sugestão é pegar um pouco de cada em cada ilha e montar três pratos, seguindo a sequência sugerida pelo festival mesmo. Depois, ainda tem duas ilhas de sobremesa (são os mesmos pratos em cada uma delas). O interessante é que tanto no cardápio do almoço ou jantar, quanto da sobremesa, vários pratos levam vinho ou espumante, como lombo suíno regado ao molho de espumante, carne bovina marinada no vinho, tagliatelle com camarão na mostarda ao molho de espumante e gelato com morango regado a moscatel. Para arrematar, ainda tem um cafezinho. Ah, sim, e durante todo o festival, um grupo fica tocando músicas ao vivo, com repertório variado, de Pink Floyd a Engenheiros do Hawaii e música tradicionalista gaúcha e italiana. Abaixo, o serviço completo do festival.

 

Vinícolas: Adega Chesini, Basso Vinhos e Espumantes, Cave Antiga Vitivinícola, Cooperativa Vinícola São João, Vinícola Cappelletti, Vinícola Colombo, Vinícola Tonini e Vinícola Perini.

Cardápio completo:

Aperitivos: queijo de moscatel, queijo parmesão, salame, copa, carpaccio e pães. Saladas: caprese de tomate cereja, mix de folhas verdes, radicci com bacon, agrião com maçã, cenoura, mangas e cheiro verde, endívia com kiwi, nozes e pimenta biquinho. Pratos principais: lombo suíno, recheado com damascos, frutas cristalizadas, ameixa preta, regado ao molho de espumante e maçã, carne bovina marinada no vinho e regada ao molho barbecue, frango à provençal marinado na manteiga acrescido de alcaparras, azeitonas roxas e molho tomate. Acompanhamentos: risoto de aspargos verdes frescos, mix de legumes gratinados, mini-batata dourada com alecrim, espaguete ao molho de tomate seco e folhas de manjericão, tagliatelle com camarão na mostarda ao molho de espumante.  Sobremesas: bavarese de côco regado com calda de hortelã e figo cristalizado, pérolas ao vinho moscato, gelato com morango regado a moscatel, taça bicolor de bombom, trufado com sorvete, torta seleta de frutas, pavê de uva e chocolate.

Datas e horários: 9, 10 e 11 de setembro de 2016. O horário de funcionamento é na sexta e sábado, das 19h às 23h, e aos domingos, das 11h às 15h.

Ingressos: Há ingressos disponíveis para as sextas e domingos, no valor de R$ 115 cada. Para os sábados, os ingressos já estão esgotados.  Crianças até seis anos têm entrada franca; de sete a 11 anos pagam R$ 50 e de 12 a 17 pagam R$ 80. Como os ingressos são limitados, a recomendação é a compra antecipada, na Secretaria de Turismo de Farroupilha e com as vinícolas.

Onde: no Centro de Eventos do Parque Cinquentenário, em Farroupilha (Avenida Arno Domingos Busetti S/nº. Bairro Cinquentenário).

Informações: pelo telefone (54) 3261.6963 e e-mail turismo@farroupilha.rs.gov.br.

Facebook do evento: facebook.com/festivaldomoscatel

Pinto Bandeira busca denominação de origem para espumantes

espumantes pinto bandeira

Espumantes de Pinto Bandeira podem ser primeiros do Brasil a ter denominação de origem específica. Foto: Kelly Pelisser

O município de Pinto Bandeira está a caminho de ser a primeira região do Brasil com denominação de origem para espumantes. Para você que não é muito familiarizado com o assunto, é por causa da denominação de origem (DO) que o vinho espumante produzido numa determinada região da França é chamado de champagne. Pinto Bandeira já tem indicação geográfica (IP) para seus produtos vinícolas, mas a denominação de origem é mais específica, mais restrita.

O Vale dos Vinhedos possui denominação de origem para vinhos. A diferença para as vinícolas de Pinto Bandeira é que a DO será exclusiva para espumantes, elaborados pelo método tradicional, apenas com as variedades Chardonnay, Pinot Noir e Riesling Itálico, plantadas em espaldeira. A bebida certificada passará, no mínimo, por 18 meses de maturação.

O presidente da Associação de Produtores de Vinho de Pinto Bandeira (Asprovinho), Daniel Panizzi, explica a aposta: “O nosso terroir, historicamente, tem se mostrado tecnicamente excelente para produção de espumantes”. As vinícolas que estão à frente do projeto são quatro: Aurora, Don Giovanni, Geisse e Valmarino. Neste momento, o processo encontra-se em estudo, aos cuidados da Embrapa Uva e Vinho, de Bento Gonçalves. Ainda não há previsão para finalização e encaminhamento para avaliação do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), órgão que concede o registro, mas a expectativa é que possa estar concluído até o final de 2018. As discussões para obtenção da denominação de origem iniciaram ainda quando a indicação geográfica foi garantida, mas se intensificaram no último ano. “A DO vem para certificar e regrar o nosso trabalho, além de expor ao mercado premissas da nossa associação. A IP já nos conduziu para várias melhorias e a DO será mais restritiva ainda. O que para nós será um ganho em qualidade nos processos e logicamente, na qualidade final do nosso produto”, entende Panizzi.

Na Serra, além de Pinto Bandeira, Farroupilha, Monte Belo do Sul e Flores da Cunha têm o selo de indicação de procedência. O Vale dos Vinhedos possui a certificação de denominação de origem.

Gastronomia e saudosismo no Garibaldi Vintage nesta sexta-feira

garibaldi vintage

Evento ocorre na Rua Buarque de Macedo. Foto: prefeitura de Garibaldi, divulgação

Esse é um evento que eu ainda não conheço, mas, pelo conceito e pelas fotos e imagens que já vi, parece muito bacana. O Garibaldi Vintage, no município de Garibaldi, terá mais uma edição nesta sexta-feira, 22 de julho, das 19h à meia-noite. A função toda rola na rua, na Buarque de Macedo, que foi revitalizada e tem vários prédios antiguinhos. A ideia do evento é resgatar temáticas de décadas passadas, entre os anos 1920 a 1960. Tem exposição de carros antigos, gastronomia, espumantes, cervejas artesanais e também algumas pessoas caracterizadas com roupas de época.

Os restaurantes que aportam no Garibaldi Vintage são: Valle Rustico, Trattoria Primo Camilo, Retro 81 Classic Pub, Hostaria Casacurta, Rer Divino, Só Comer, Dolce Mattina e Café Luna Park. Uma das novidades desta edição é que lojas do Centro Histórico também ficarão abertas durante à noite, para dar uma força ao comércio local. As vinícolas que estarão lá são Cooperativa Vinícola Garibaldi, Peterlongo, Courmayeur, Espumantes Don Naneto, além da Cooperativa de Produtores Ecologistas de Garibaldi Ltda (Coopeg). Serão vendidos produtos em garrafa e em taça. Haverá ainda a presença das cervejarias locais: Trinker Companhia Cervejeira, Maruba’s e Guarnieri.

A realização é da prefeitura com apoio do Sindicato de Hoteis, Restaurantes, Bares e Similares (SHRBS) de Garibaldi.

10 coisas para ver no Vale dos Vinhedos, em Bento Gonçalves (RS)

Parreiral e rosas na Vinícola Larentis

Parreiral e rosas na Vinícola Larentis no Vale dos Vinhedos. Foto: Kelly Pelisser

Muita gente me pergunta o que ver no Vale dos Vinhedos, em Bento Gonçalves (RS). Realmente, não é fácil escolher, porque são mais de 70 empreendimentos (incluindo aí hotéis e restaurantes) nesse roteiro de enoturismo. Praticamente todos ficam ao longo de duas estradas no Vale. O interessante é você parar na sede da Aprovale, que funciona como um ponto de informações turísticas, e pegar um mapa. É bem bom também um app chamado Turismo Bento, desenvolvido pela prefeitura com apoiadores, que tem os roteiros da cidade, incluindo o Vale. Baixe no celular e use off-line mesmo. 😉

Eu já fui mais de 10 vezes para o Vale dos Vinhedos e, mesmo assim, não conheço todos os empreendimentos. Listo aqui os que eu conheço (e sempre volto). Mas, claro, você deve ficar bem livre para fazer seu passeio. Não vai dar para visitar todos esses 10 num só dia. Eu sugiro escolher uma vinícola grande, uma pequena e outros estabelecimentos que não vinícolas. Só uma dica: cheque antes horários ou vá ainda no fim da manhã ou bem início da tarde, porque a maioria dos lugares chega cedo, alguns às 16h, e outros até ficam abertos até um pouco mais tarde para compras, mas só tem visitas até um horário mais cedo. Bom passeio!

 

Café da Vinícola Vallontano

Bem em frente à vinícola Vallontano, é um dos primeiros empreendimentos do Vale, se você chegar pela entrada principal, a partir da BR-470. Oferece lanches e cafés, mas também há pratos, como risotos, harmonizados com os produtos da vinícola.

Horário de atendimento: de terças a domingos, das 11h às 17h

 

Queijaria Valbrenta

Não tem como errar: é só cuidar na beira da estrada onde está a estátua de uma vaquinha simpática. Bem ali fica a Queijaria Valbrenta, que produz queijos tradicionais e alguns diferentes, como de alho e salsa, com tomate seco, com orégano e pimenta, com vinho. Dá para provar tudo na loja, que também vende outros itens típicos, como doces e sucos.

Horário de atendimento: diariamente, das 10h às 17h30min

Vinícola Almaúnica no Vale dos Vinhedos

A entrada da Vinícola Almaúnica é linda. Foto: Kelly Pelisser

Vinícola Almaúnica

Vinícola mais nova, fundada em 2008, e por isso mesmo, traz a modernidade, tanto na produção, quanto na arquitetura do prédio. A entrada é linda. A visita é gratuita, mas, para degustar os produtos é preciso pagar R$ 30 por pessoa.

Horário de atendimento: de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h30min às 17h30min. Sábados e feriados, das 10h às 12h e das 13h30min às 17h30min. Domingos, das 10h às 13h.

 

Hotel e Spa do Vinho no Vale dos Vinhedos

Vista a partir do Hotel e Spa do Vinho. Foto: Kelly Pelisser

Hotel e Spa do Vinho

Um hotel chiquérrimo e uma das paisagens mais lindas do Vale. Ok, a mais linda. Você precisa dar uma passada lá mesmo que não tenha grana para se hospedar, fazer seu casamento ou algum tratamento de beleza utilizando vinho. Você pode chegar, tranquilamente, na área em frente ao hotel, onde tem um chafariz, para fazer fotos dos vinhedos (que são um condomínio vitícola), dos vales e da vinícola Miolo (que fica bem em frente). O hotel também oferece tours para conhecer as instalações e degustar produtos (consulte horários e preços).

Vinícola Miolo

Vinícola Miolo. Foto: Kelly Pelisser

Miolo e Wine Garden

Das vinícolas grandes, é a minha preferida. Tem um espaço externo super agradável, que dá para visitar sem pagar. Atrás do prédio principal estão um lago com peixes, uma gruta com a imagem de Nossa Senhora da Uva, um gramado, um heliponto e parte dos vinhedos. Para visitar a vinícola e conhecer o processo de produção de vinhos e espumantes, há tours diários, que encerram com uma degustação de produtos. O custo é R$ 20 por pessoa. Se o visitante adquirir algo na loja depois, R$ 5 são reembolsados nas compras.

No gramado da vinícola também funciona, nos sábados, domingos e feriados de tempo seco, o Wine Garden, um wine truck que vende lanchinhos e bebidas. Você faz um piquenique, sentado em cadeiras ou no chão, em tapetes, ali ao ar livre. É muito bacana! Sobre o Wine Garden, eu já fiz um post que você pode ler aqui.

Horário de atendimento da Miolo: de segundas a sábados, das 8h30min às 18h, aos domingos, das 10h às 17h.

Horários dos tours: consulte aqui.

 

Casa de Madeira

Empreendimento do grupo Famiglia Valduga, a loja vende itens da marca Casa de Madeira, como geleias gourmet (tem de caipirinha, de cabernet sauvignon, de kiwi, entre outras), antepastos (de berinjela, de pimentões…), e creme balsâmico (com mel e laranja, com geleia de cabernet sauvignon, com geleia de morango com pimenta), além de sucos de uva com mais fibras, kosher, de moscato e cabernet sauvignon. Também há venda de cervejas artesanais da marca Leopoldina, que também pertence à família, além de alguns outros itens de outros empreendimentos do Vale. As geleias e antepastos podem ser degustados no local.

Horário de atendimento: diariamente, das 9h15min às 17h30min.

jardim leopoldina no Vale dos Vinhedos

Esse cenário com o casarão e a árvore é lindo. Foto: Kelly Pelisser

Jardim Leopoldina

Um casarão de madeira centenário, onde funciona um café na parte inferior e uma loja na parte superior, com uma jardim lindo! No café, são vendidos sorvetes e lanches, além de produtos do grupo Famiglia Valduga, responsável pelo empreendimento. Eu já fiz um post só sobre o Jardim Leopoldina. Você pode lê-lo aqui.

Horário de atendimento: de terça a domingo, das 13h às 19h.

Parreiral na Vinícola Larentis. Foto: Kelly Pelisser

Parreiral na Vinícola Larentis. Foto: Kelly Pelisser

Vinícola Larentis

Uma pequena vinícola familiar. Você é recebido pelos donos e pode visitar os vinhedos, a produção e degustar os produtos sem pagar nada. Também pode enchê-los de perguntas sobre o processo, as uvas, os vinhos, que eles são super simpáticos. O varejo funciona no local. Sob agendamento, é possível fazer um piquenique com toalhas xadrez e tudo (em períodos mais quentes do ano), participar da poda (entre julho e agosto) ou de uma colheita noturna (no verão).

Horário de atendimento: de segunda a sexta, das 9h às 11h30min e das 13h às 17h. Finais de semana e feriados, das 10h às 17h.

Cave da Vinícola Casa Valduga. Foto: Kelly Pelisser

Cave da Vinícola Casa Valduga. Foto: Kelly Pelisser

Casa Valduga

Complexo formado pela vinícola Casa Valduga, por pousadas, restaurante e uma loja de vinhos. É um dos maiores empreendimentos do Vale. Você pode circular pela área externa sem pagar, mas para visitar o interior da vinícola, há tours diários ao preço de R$ 40 por pessoa, que dá direito a uma taça de cristal com o logo da Valduga. O visitante conhece o processo de produção, as caves subterrâneas e degusta produtos.

Horário de atendimento: do varejo, de segunda a sexta, das 9h30 às 18h.

Domingos e feriados, das 9h30 às 17h.

Horários de visitação: confira aqui

Capela das Neves no Vale dos Vinhedos

A Capela das Neves no Vale dos Vinhedos foi construída com vinho no lugar de água. Foto: Kelly Pelisser

Capela das Neves

São cinco as igrejinhas ao longo do Vale dos Vinhedos. Essa, na Linha 6 da Leopoldina (finzinho da estrada secundária do Vale), é especial porque foi construída no começo do Século 20 com vinho no lugar de água na argamassa. Conta a história que uma grande seca assolou o município à época, e as famílias doaram parte da produção de vinho estocada para a construção da igreja.  O templo é pequeno e normalmente, está fechado (fora dos horários em que é utilizada pela comunidade), mas você pode fazer uma foto do exterior e conferir as placas que contam essa história.

 

Para saber mais (outros empreendimentos, mapa e horários): http://www.valedosvinhedos.com.br/