Picnic da Vinícola Don Giácomo, em Caxias do Sul (RS)

Picnic na vinícola Don Giácomo é armado no quintal do estabelecimento no bairro Colina Sorriso, em Caxias. Foto: Kelly Pelisser

A Vinícola Don Giácomo,de Caxias do Sul (RS), está oferecendo a partir desse mês um picnic no gramado ao lado do estabelecimento. O mais legal é que a vinícola fica na área urbana de Caxias, no bairro Colina Sorriso, a uns cinco quilômetros do Centro, pertinho da Pizzaria Giordani ou dos Pavilhões da Festa da Uva. Então, é uma opção interessante tanto para moradores de Caxias quanto para turistas. O picnic funciona somente sob agendamento e pode ser feito em qualquer dia da semana ou fim de semana a partir de duas pessoas.

Pizza é uma das opções do picnic. Foto: Kelly Pelisser

As opções são pizzas (de sabores diversos, quatro queijos, calabresa, frango) ou uma tábua de frios, com queijos, salame, azeitona, pães. Se a opção for apenas uma pizza, ela serve duas pessoas. Os clientes também escolhem qualquer produto da vinícola. Há vinhos comuns e finos, espumantes, e suco de uva tinto, branco e rosé. Os preços variam conforme a escolha das comidas e dos vinhos. A pizza, para se ter uma ideia, custa R$ 30, e os vinhos tem opções a partir de R$ 16.

O gramado é enorme e fica no pátio onde a família proprietária da vinícola reside. Nele, é montado um pequeno tablado com pallets de madeira, que ganham uma cobertinha colorida e cesta de picnic com os produtos. Tudo bem simples, mas caprichado.

Vinícola também tem varejo. Foto: Kelly Pelisser

A vinícola fica bem ao lado, também é possível visitá-la e conhecer um pouco da produção. Na parte da frente, funciona um varejo que atende todos os dias (nos domingos, apenas pela manhã), e vende os produtos da vinícola e também geleias de frutas produzidas no distrito de Fazenda Souza, da marca Morada das Frutas (provei e adorei a de bergamota, que deve super combinar com espumante ou até como calda de sorvete).

A vinícola também oferece serviço de spa day, num espaço montada na garagem de uma das casas do terreno, com opções variados, como massagem, spa das mãos e tratamento facial, alguns feitos com produtos à base de uva, também sob agendamento.

Conheci o lugar no dia do lançamento dessas novas opções de enoturismo e achei tudo bem simpático e acolhedor. Vale a pena visitar. É um lugar diferente e bem pertinho do centro. E é muito legal que as vinícolas de Caxias estejam investindo também em turismo. Então, vamos prestigiar.

 

Vinícola Don Giácomo

Onde fica: Rua Rosalimbo Guerra, 450, bairro Colina Sorriso, Caxias do Sul (RS)

Horários: o picnic é feito apenas sob agendamento em qualquer dia, da semana ou fim de semana. O varejo da vinícola atende de segunda a sábado e feriados, das 9h às 18h, e nos domingos, das 9h às 12h.

Contato: (54) 3211.3511 ou pelo WhatsApp (54) 99903.3409.

Mais: página no Facebook

Anúncios

Festival do Moscatel, em Farroupilha (RS)

Ilha das vinícolas fica ao centro. Foto: Kelly Pelisser

Estive no Festival do Moscatel, de Farroupilha (RS), no domingo passado. A festa começou na sexta e seguiu no sábado e domingo no Centro de Eventos Mario Bianchi, no Parque Cinquentenário, o mesmo onde ocorria a Fenakiwi. E para quem quiser ainda aproveitar tem de novo nessa sexta, dia 8, no sábado, dia 9, e no sábado da semana que vem, dia 16. Mas, para esse sábado, dia 9, não há mais ingressos disponíveis. Esse domingo em que eu fui era o único dia em que o festival rola ao meio-dia. Nos demais, é sempre à noite, das 19h às 23h. A função é a seguinte: o pessoal fica acomodado em mesas redondas e pode se servir à vontade de comida, bebidas e sobremesas. Embora o nome destaque o moscatel, produto símbolo de Farroupilha (o maior produtor nacional dessa variedade de uvas), no evento também são servidos espumante brut, vinhos e sucos de uva, além de água (claro, né). São cerca de 40 rótulos de oito vinícolas de Farroupilha: Adega Chesini, Cave Antiga Vitivinícola, Cooperativa Vinícola São João, Monte Paschoal, Vinhos Cappelletti, Vinícola Colombo, Vinícola Tonini e Vinícola Perini.

Buffet de pratos principais. Foto: Kelly Pelisser

Risoto de moscatel rosé é um dos pratos. Foto: Kelly Pelisser

Saladas estão disponíveis em todas as ilhas. Foto: Kelly Pelisser

As bebidas ficam em uma ilha ao centro do salão. Em uma das laterais, estão três ilhas de comida, com pratos diferentes em cada uma delas, mas sempre tem uma carne e um risoto ou massa, arroz selvagem e batata sauté, além de saladas. Um dos pratos é um risoto com espumante rosé e morangos. Há também uma mesa com entradinhas, como queijo e salame. Além de duas mesas com sobremesas (os mesmos itens nas duas, com bolo, pavê e mousses).

Meu prato (pra começar. Ahaha). Foto: Kelly Pelisser

O evento é realizado pela Associação Farroupilhense de Produtores de Vinhos, Espumantes, Sucos e Derivados (Afavin) em parceria com a prefeitura. No sábado, diz que o evento tem uma cara de jantar dançante. Há música ao vivo em todos os dias, com Robson Gervasoni e banda, que tocam sucessos atuais e antigos de ritmos variados.

Olá, sobremesas. Foto: Kelly Pelisser

Os ingressos estão disponíveis na Secretaria de Turismo e Cultura de Farroupilha ou pelo e-mail contato@vinhosdefarroupilha.com.br.  Também é possível comprar pelo site Sympla (https://www.sympla.com.br/festival-do-moscatel__171843). Para a sexta, o ingresso individual do 2º lote têm valor de R$ 115; para o sábado, dia 16/09,  o  ingresso individual do 2º lote tem o valor de R$ 130. Para menores de idade, os valores são:  R$ 85  (12 a 17 anos) e R$ 55 (7 a 11 anos). Crianças até seis anos têm entrada franca. O estacionamento no Centro de Eventos Mario Bianchi é gratuito. O Festival do Moscatel também oferece transporte cortesia  de ida e volta dos hotéis ao local do evento para os visitantes hospedados nos hotéis Adoro, Bem-te-vi, Concatto, Di Capri, Farina Park e Nova Vicenza, basta fazer o agendamento no Check in.

Essa sobremesa merece um close. Foto: Kelly Pelisser

cardápio da edição, elaborado por equipe Dirceu Dalla Riva, assessorado  pela chef Janete Canello, é composto por: Aperitivos: Queijo, Salame, Copa, Peito de peru e Pães. Saladas: Mix de folhas verdes,  Radicci com bacon, Agrião com cubos de maça, morango e manga, Rúcula com tomate cereja, Endívia com kiwi e pimenta biquinho, Salpicão de legumes com frango desfiado, presunto, queijo e maionese.  Pratos Principais: Medalhão de filé com alho poró e vinho branco, Costela suína ao molho barbecue, Filé de frango recheado com presunto parma, queijo gorgonzola ao molho bechamel com requeijão e cheddar. Acompanhamentos: Arroz selvagem com nozes e castanhas, Risoto de Morangos com Espumante, Batata souté com ervas finas, Espaguete  com molho de funghi, Mini penne al pesto. Sobremesas: Mousses de chocolate, maracujá,  morango e limão, Taças de chantilly com mereguinhos e morangos com calda de moscatel, Taças de sorvete com calda de frutas vermelhas ao vinho tinto, Taças de ganache com bombons picados, Torta mousse de chocolate.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (54) 3261.6963 e e-mail turismo@farroupilha.rs.gov.br. Ou no Facebook:  facebook.com/festivaldomoscatel e curtir a página.

 

Suco orgânico de uva com beterraba ou alface de cooperativa de Garibaldi

coopeg garibaldi sucos

Sucos funcionais antioxidante e calmante. Foto: Kelly Pelisser

Muito legal a proposta da Cooperativa de Produtores Ecologistas de Garibaldi (Coopeg). São 53 famílias de pequenos agricultores de nove municípios da Serra gaúcha, que produzem mais de 50 diferentes frutas, verduras e hortaliças além de sucos de uva, vinhos e espumantes livres de agroquímicos. Eles acabaram de lançar dois sucos funcionais, neste fim de semana, na Feira Internacional de Produtos Orgânicos e Agroecologia (Biofach 2016), em São Paulo. Um é antioxidante, com uva, beterraba e gengibre, o outro é calmante, com uva e alface. A Coopeg já foi reconhecida pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) como modelo de Boas Práticas para o Desenvolvimento Sustentável.

Os sucos são resultado de um ano e meio desenvolvimento e foram batizados de AntiOx e Uva Zen. Além de suco de uva integral orgânico, o primeiro tem beterraba e gengibre, apresentando propriedades antioxidantes e um aporte extra de ferro. Já o segundo tem adicionado suco de alface, que possui compostos que atuam como calmantes naturais. Os produtos não possuem adição de açúcar, corantes ou conservantes artificiais. Eles estarão disponíveis em garrafinhas de 300 ml. Os produtos foram desenvolvidos com recursos da Financiadora de Estudo e Projetos (Finep) e Fundo de Amparo à Pesquisa do Estado do RS (Fapergs), por meio do edital Tecnova-RS.

Eu provei os dois. São bem bons, mas tem cheiro e gosto bem diferentes de suco de uva, apesar da cor ser igual. Naquele que leva beterraba, você logo percebe o gosto desse ingrediente. Já o de alface, eu não diria que tem gosto dessa verdura exatamente, mas é perceptível que há algo além da uva. Gostei dos dois, mas, para o meu gosto, eu preferi o de beterraba. Como são lançamentos, ainda não estão disponíveis em supermercados.

 

Mais: site e Facebook da Coopeg