Hospedaria Rio do Vento, junto ao Barlavento Morangos Hidropônicos, em Caxias do Sul (RS)

hospedaria rio do vento

Pousada foi feita a partir de duas casas antigas. Foto: Kelly Pelisser

Quase todo mundo de Caxias já foi ou, pelo menos, já ouviu falar do Barlavento, o restaurante ao lado da produção de morangos hidropônicos que se desenvolvem ouvindo música na Rota do Sol. Mas nem todo mundo sabe que lá também existe uma pousada super simpática. A Hospedaria Rio do Vento é relativamente nova, existe há cerca de um ano e meio. A pousada foi montada a partir de duas casas antigas, que seriam demolidas, uma de 1871, trazida de Coronel Barros, e outra de 1951, de Três de Maio, na Fronteira Noroeste do Estado. A hospedaria é bastante procurada por turistas de Porto Alegre e de São Paulo, especialmente, pela localização estratégica entre Gramado e Bento Gonçalves. Mas moradores de Caxias do Sul e outras cidades da Serra também recorrem ao lugar em datas especiais, como Dia dos Namorados, ou só para dar aquela fugidinha mesmo num fim de semana.

pousada serra gaúcha

Área comum da pousada, com sala de estar e mesas para o café da manhã. Foto: Kelly Pelisser

rio do vento

Área de leitura da pousada. Foto: Kelly Pelisser

As paredes de tijolo e de madeira foram desmontadas e remontadas em Caxias. Algumas partes, como as divisórias internas dos quartos, são novas. A pousada tem seis suítes, cada uma com capacidade para entre duas e cinco pessoas. Um dos quartos têm um bercinho para bebê. Dois deles, contam com um mezanino, onde fica uma outra cama. Os valores variam conforme o número de pessoas e o quarto escolhido. Para uma pessoa, entre R$ 190 e R$ 320; para duas, de R$ 270 a R$ 400; para três, de R$ 370 a R$ 480; para quatro, de R$ 510 a R$ 560; e para cinco, R$ 640. No preço, está incluído o pernoite e o café da manhã. As diárias começam às 14h e vão até o meio-dia.

quarto pousada

Quarto onde fiquei tem mezanino. Foto: Kelly Pelisser

Tudo tem cara de casa, daquela da avó, sabe? Uma lareira na entrada garante o calor para a sala de estar e mesas do café. Em noites frias, também dá para fazer pinhão na chapa ali. Passei uma noite na pousada, num dia frio. Dentro da casa, não se sente a temperatura e o vento lá fora. Os quartos têm Split, e também cobertas e edredons que dão conta do recado. As janelas têm vidros duplos para serem isolantes térmicos e também do movimento da rodovia, ao longe. Fiquei no quarto chamado Patagônia, que teria lugar para quatro pessoas, uma delas, no mezanino alcançado por uma escada. Todos os quartos têm banheiro (com secadores e toalhas à disposição), TV e frigobar (com água, refrigerante e cerveja).

bulés pousada rio do vento

Detalhes antigos estão por toda a parte. Foto: Kelly Pelisser

A pousada tem uma pequena cozinha comum, com geladeira, fogão e micro-ondas, que pode ser utilizada pelos hóspedes. Já o serviço de restaurante é o do Barlavento, que fecha cedo. Nessa época, o atendimento é até 19h durante a semana e até 20h nos finais de semana. Ou seja, se você quiser jantar lá, tem que se programar para comer cedinho. Eu jantei no restaurante. Pedi um Ruta 40, uma massa penne com carne de panela e queijo parmesão (R$ 37,50), acompanhada por uma taça de vinho (R$ 9). De sobremesa, escolhi um Tormentim, brownie com sorvete de nata e calda de mirtilo (R$ 19,50). A carne de panela estava deliciosa, bem soltinha! E o brownie e a calda são bem gostosos.

brownie com sorvete e calda de mirtilo

Sobremesa do jantar: brownie com sorvete e calda de mirtilo. Foto: Kelly Pelisser

A noite foi bem tranquila. O café da manhã é servido entre 8h e 10h. Dependendo da época do ano, tem os tradicionais morangos cultivados lá no sistema de hidroponia. Agora, infelizmente, não há morangos. A safra é entre agosto e dezembro, mas, dependendo do clima, é possível ter num período bem maior. Esse ano, não foi de muito sucesso.  Assim, o restaurante também não tem, nesse momento, sobremesas e pratos com morangos, já que a opção dos proprietários é não comprar a fruta de terceiros. O café tinha bananas e maçãs, grostoli daquele sequinho, pães com geleia e manteiga, queijo e peito de chester, biscoitos, café e chá. E destaque para: o suco de morango maravilhoso, o melhor da vida (é congelado, por isso, tem todo ano), o iogurte de morango (o iogurte é produzido por uma agroindústria e a calda é feita lá mesmo), e uma cuca de mirtilo divina (também produzida na hospedaria). Sério, eu ainda sinto o gosto do suco, do iogurte e da cuca dias depois! Coisa mais boa!

café da manhã pousada rio do vento

Café da manhã com suco de morango, iogurte de morango e cuca de mirtilo: delícias! Foto: Kelly Pelisser

Depois do café, uma boa pedida é dar uma caminhada no entorno, observar as árvores, brincar com os cachorros (a Rosinha é pequeninha e um amor! Adora carinho), ver os outros bichinhos (tem coelhos, galinhas e porquinhos da Índia), e relaxar. Afinal, estamos perto de Caxias, a uns 14 quilômetros do Centro, mas num lugar onde o tempo parece que passa um pouco mais devagar. Aliás, não há sinal de celular ou de internet por lá, mas a pousada conta com wifi e telefone. Só que te dou um conselho: esqueça, se possível, do celular. Afinal, não é em todo o lugar que dá para parar e ver sentir o tempo passar em outro ritmo. Tipo, na casa da vó.

restaurante Barlavento

Área externa do restaurante Barlavento. Foto: Kelly Pelisser

restaurante barlavento

Área interna do restaurante Barlavento. Foto: Kelly Pelisser

bichos rio do vento

Além dos porquinhos da Índia, lugar também tem cachorros, galinhas e coelhos. Foto: Kelly Pelisser

Hospedaria Rio do Vento e Barlavento Morangos Hidropônicos

Onde: RSC-453, Km 154, Rota do Sol (a 14 quilômetros do centro, em direção ao Litoral), Caxias do Sul (RS)

Preços das diárias e fotos dos quartos: http://www.riodovento.com.br/hospedaria

Horário do restaurante: de segunda a sexta, das 8h às 19h, sábados, domingos e feriados, das 8h às 20h. Durante o horário de verão, de segunda a sexta, das 8h às 20h, sábados, domingos e feriados, das 8h às 21h.

Mais: site e Facebook

Outros posts sobre o Barlavento:

https://dicasdakellypelisser.com/2016/03/18/barlavento-rio-do-vento-morangos-hidroponicos-em-caxias-do-sul-rs/

https://dicasdakellypelisser.com/2016/07/14/oito-doces-imperdiveis-em-caxias-do-sul-rs/

https://dicasdakellypelisser.com/2016/07/11/restaurantes-com-espaco-para-criancas-em-caxias-do-sul-e-outras-cidades-da-serra-gaucha/

Anúncios

Oito doces imperdíveis em Caxias do Sul (RS)

O blog, que não é bobo nem nada, com frequência traz novidades em doces pela Serra gaúcha. A maioria de nós é maluquinha por doces. E vamos combinar: com cautela, dá, sim, para comer. Aliás, eu diria: devemos comer! Não dá para ser todo dia, claro. Mas uma vez que outra não faz mal. Por isso, listo meus doces preferidos em Caxias do Sul. Não é uma lista definitiva, óbvio. São as minhas preferências. E sempre estou em busca de me surpreender com coisas novas. Nos comentários, deixe aí os seus favoritos. Você incluiria mais algum na cidade?

 

Cupcakes na Sweez

Café e cupcake da Sweez Caxias

Morro por esse cappuccino e por esses cupcakes. Foto: Kelly Pelisser

São muitas as opções de docinhos delícia nessa confeitaria e gelateria. Mas os cupcakes da Sweez sempre terão espaço cativo no meu coração. São vários os sabores: baunilha com nutella e cobertura de creme de confeiteiro, de avelã com chocolate, entre tantos outros. Mas, meu preferido sempre será o de Nega Maluca (com recheio que escorre)!

Nesse post, todos os detalhes da Sweez.

Onde fica: Rua Coronel Flores, 749, sala 3, na antiga Estação Férrea, bairro São Pelegrino, Caxias do Sul (RS)

 

Mil folhas na Sônia Hermoza Padaria Artesanal

Sonia Hermoza Padaria Artesanal. Mil Folhas

Mil Folhas maravilhosa, divina, que derrete na boca. Foto: Kelly Pelisser

Com recheio de doce de leite e massa sequinha, que derrete na boca, é uma obra de arte! Aliás, difícil eleger meu doce preferido da Sônia Hermoza. Todos são excelentes! E doces na medida certa, com equilíbrio. O que te faz experimentar vários a cada visita!

Nesse post, todos os detalhes da Sônia Hermoza.

Onde fica: Avenida Itália, 315, bairro São Pelegrino (no prédio do antigo Bukus), Caxias do Sul (RS)

 

Sorvete ao forno no Barlavento Morangos Hidropônicos

Sorvete de forno no Morangos Hidropônicos

Sorvete de forno com merengue: é tipo morrer e ir pro céu. Foto: Kelly Pelisser

Esse sorvete é tipo “morri e fui pro céu”! O nome dele no cardápio é Vento Sul. Na prática, uma cumbuca enorme com frutas, sorvete, licor de morango e merengue levados para assar. Os morangos são colhidos ali mesmo, na plantação hidropônica e são criados ouvindo música para se desenvolverem melhor. O lugar, em meio à natureza, é lindo!

Nesse post, todos os detalhes do Barlavento.

Onde fica: RSC-453, Km 154, Rota do Sol (a 14 quilômetros do centro, em direção ao Litoral), Caxias do Sul (RS)

 

Tortinha de chocolate na Doceria Stella

Doceria Stella Caxias

Quiche de filé ao molho de champignon, cappuccino e tortinha de chocolate meio amargo e marfim. Foto: Kelly Pelisser

Clássico dos clássicos em Caxias do Sul, tudo na Doceria Stella é lindo e bom! Mas já que tinha que eleger um, vai lá: a tortinha de chocolate em camadas. Tem com três tipos de chocolate e com meio amargo e marfim. Tente resistir.

Nesse post, todos os detalhes da Stella.

Onde fica: Rua Alfredo Chaves (entre a Rua Os 18 do Forte e o Parque dos Macaquinhos), Centro, Caxias do Sul (RS)

 

Waffles na Mr. Waffle

Mr Waffle Caxias

Waffles com açúcar de confeiteiro e morangos, mais cappuccino com Nutella. Foto: Kelly Pelisser

Novidade em Caxias, que saltou do food truck para um endereço fixo, o que eu mais gosto dessa loja de waffles não são os pratos já prontos, mas a opção de escolher ingredientes separados para a cobertura, ao estilo belga. Meus preferidos: waffles com morangos, açúcar de confeiteiro e Nutella, ou açúcar de confeiteiro e doce de leite! Ai, ai. Já tem lugar cativo na minha lista de lugares bacanas para injetar um pouco de açúcar no ser! Hehe.

Nesse post, todos os detalhes da Mr. Waffle.

Onde fica: Rua Sinimbu,2222, Sala 4, na esquina com a Rua Marechal Floriano, Centro, Caxias do Sul, RS

 

Café na Casquinha na Dulce Amore

café na casquinha

Café na casquinha é maravilhoso! Foto: Kelly Pelisser

Super novidade em Caxias, café expresso, cappuccino ou chocolate quente servido numa casquinha de sorvete selada com chocolate belga e coberta com chantilly. É muito, mas muito amor mesmo!

Nesse post, todos os detalhes da Dulce Amore.

Onde fica: Rua Dr. Montaury, 2090 (perto do Fórum), Caxias do Sul, RS

 

Torta de café na Yoo Boutique Food Store

Torta de café na Yoo Boutique Food Store

Torta de café divina! Foto: Kelly Pelisser

Mais uma gostosura que leva café, açúcar e afeto. Essa torta de café é daquelas com base de biscoito, com um creme de café e cobertas de ganache de chocolate branco. Meu Deus! Não tenho palavras para escrever, só sentir (já dizia a Roberta Miranda).

Nesse post, todos os detalhes da Yoo Boutique.

Onde fica: Rua Os 18 do Forte, 1535, (entre a Borges de Medeiros e a Alfredo Chaves), Caxias do Sul (RS)

 

Sorvete de dark chocolate na Doce Docê

sorvete chocolate

Sorvete dark chocolate na Doce Docê é tudo de bom! Foto: Kelly Peliser

Eu, simplesmente, sou apaixonada por sorvetes ao estilo italiano. O meu sabor preferido no mundo é dark chocolate (aquele mais amargo, com mais cacau). E o meu Number One em Caxias é o da Doce Docê. O bom é que tem em shoppings e no Zaffari. Ou seja, sempre perto para quando bater aquela vontade irresistível.

Onde fica: nos shoppings Prataviera, San Pelegrino e Iguatemi e nos Zaffari Centro e Lourdes.

Mais: site

 

Barlavento, Rio do Vento Morangos Hidropônicos, em Caxias do Sul (RS)

Sorvete de forno no Morangos Hidropônicos

Sorvete de forno com merengue: é tipo morrer e ir pro céu. Foto: Kelly Pelisser

Um dos lugares mais legais de Caxias do Sul, na minha opinião, o Barlavento, Rio do Vento Morangos Hidropônicos é uma ótima opção de aliar passeio e gastronomia. Uma propriedade linda, às margens da Rota do Sol, na saída de Caxias do Sul em direção ao Litoral, onde se cultivam morangos hidropônicos.

As frutas são produzidas sem agrotóxicos, apenas com controle biológico. Porém, o mais surpreendente: os morangos ouvem música para se desenvolverem! Rock’n’roll, preferencialmente, mas também pode ser reggae e música latina. Assim, cresceriam mais vistosos e saborosos. De boa.

morangos hidropônicos

Área onde os morangos são cultivados ao som de música. Foto: arquivo pessoal

Entre as opções deliciosas para comer estão massas, sanduíches, sopas e cremes. Vários dos pratos têm, claro, os morangos cultivados no local. Experimente o suco, é divino! Adoro os nomes do cardápio, como Juliana à Deriva e Te Agarra Catarina. O meu preferido é um sorvete de forno chamado Vento Sul: uma cumbuca enorme com frutas, sorvete, licor de morango e merengue levados para assar. Uma tentação!

Espaço externo com redes no Morangos Hidropônicos

Espaço externo com redes. Foto: acervo pessoal

No entorno, muito verde, redes lá fora para se espreguiçar, trilhas no mato e uma tirolesa para crianças. O espaço também conta com uma hospedaria erguida em um casarão de 1871 da região das Missões, trazido para Caxias. Uma coisa legal do lugar é que está sempre aberto, diariamente, inclusive feriados, o dia todo. No fim de semana, costuma ser bem cheio. A dica é: se o tempo estiver bom, pegue algo para comer e aprecie lá fora, ao ar livre. Ah, só não esqueça do repelente, porque, como o mato é muito, também são muitos os mosquitos. No mais, é só curtir de boa. Como os morangos.

Área interna do Morangos Hidropônicos

Área interna com amplas janelas. Foto: Kelly Pelisser

 

Barlavento, Rio do Vento Morangos Hidropônicos

Onde: RSC-453, Km 154, Rota do Sol (a 14 quilômetros do centro, em direção ao Litoral), Caxias do Sul (RS)

Horário: de segunda a sexta, das 8h às 19h, sábados, domingos e feriados, das 8h às 20h.

Mais: site e Facebook