Lechuga Veg, em Caxias do Sul (RS)

Mushburger e suco de laranja. Foto: Kelly Pelisser

Conheci o Lechuga, que é uma casa de burgers veganos em Caxias do Sul (RS). Eles atendem no bairro Pio X (onde foi o Mestre Pancho) para almoço de terça a sexta e à noite nesses dias e também aos sábados e domingos. O cardápio tem burgers, petiscos e sobremesas apenas utilizando itens sem carne ou derivados de animais. Para beber, as opções são suco, chá gelado e chopp. Os burgers saem por R$ 22 e vem com pães de beterraba, moranga, azeitona, australiano ou de malte de cerveja. O burger em si pode ser de grão de bico, feijão, seitan (também conhecido como carne de glúten ou carne vegetal), ervilha com cogumelo ou lentilha com alho poró. Junto no pão vem ainda itens como maionese de creme de soja e legumes ou verduras. É possível adicionar itens extras, por R$ 2,50 cada, como bacon vegano, queijo vegano ou cebola caramelizada.

Já as porções são itens como batata frita, aipim frito, coxinhas com jaca ou brócolis, batata doce frita, entre outros, que variam de R$ 11 a R$ 15. Para sobremesa, tem porção de churros, brownie de cacau, sorvete, cocada de maracujá, fondue de frutas ou açaí, que custam entre R$ 15 e R$ 16,50 cada.

Eu almocei lá e optei pelo mushburger, que vem com pão australiano, burger de ervilha com cogumelo, maionese de creme de soja com mostarda e melado, alface, rúcula, tomate e broto de alfafa. Para acompanhar, um suco de laranja. O pão é super fofinho e bem alto. Achei difícil de comer com a mão, ainda mais porque o burger esfarela. Eles te trazem talheres na mesa só se você pedir. Do burger e do suco, paguei R$ 29. Fiquei curiosa pelas sobremesas, mas acabei não provando nesse dia.

O lugar é bem simpático, com sofás grandes e almofadas, e um quadro com frases em espanhol e português. É uma opção interessante para quem é vegano, vegetariano ou apenas quer provar algo diferente.

 

Lechuga Veg

Onde fica: Rua Floriano Prezzi, 1217, sala 04 (próximo da Rua Matteo Gianella), bairro Pio X, Caxias do Sul, RS

Horários: de terça à sexta-feira, das 11h30min às 13h30min e das 18h30min às 22h30min, e aos sábados e domingos, das 18h às 23h

Mais: site e Facebook

 

Anúncios

Passaggio, em Caxias do Sul (RS)

Bruschettas de figo com parma com uma apresentação linda. Foto: Kelly Pelisser

Conheci o Passaggio, um espaço para happy hour, às sextas-feiras, que acabou de inaugurar em Caxias do Sul (RS). Na verdade, funciona no mesmo endereço que um restaurante de buffet a quilo no almoço de segunda a sábado, o Beth Bellato Gourmet, na Rua Borges de Medeiros, bem no Centro. Mas, nas sextas à noite, o lugar ganha outra cara para convidar para uma passagem do trabalho para o fim de semana (por isso, o nome). A concepção é do administrador do restaurante e jogador de basquete Rodolfo César Bellato, o Dida (que é de uma família ligada à gastronomia, filho da chef do restaurante e sobrinho da Sônia Hermoza), junto com o sócio Augusto de Campos Lima.

A função começa cedinho, às 19h, e vai até 1h. A casa ganha uma cortina para o salão do restaurante ficar menor e virar bar, umas mesinhas altas na entrada e mais um espaço com um sofá num canto. Uma musiquinha ambiente fica rolando, o que dá um clima bem bom para sentar, conversar e beber ou comer algo. E a cada sexta-feira, a noite tem um tema diferente. No período de verão, a casa conta com shows de pagode também. A carta de vinhos é bem interessante, com desde opções mais simples até um pouco mais elaboradas, e também com a possibilidade de vinho da casa em taças. Tem também cerveja long neck ou em litro, chopp, e drinks tradicionais como Margarita, Mojito, Alexander, Cosmopolitan, Sex on the Beach, Bellini e Dry Martini. Para quem quiser algo não alcoólico, tem sucos naturais e dois drinks sem álcool, um deles chamado Passaggio, com suco de laranja, Sprite e groselha.

O brownie e entremet de doce de leite conquistou meu coração e também tem uma apresentação super querida. Foto: Kelly Pelisser

O cardápio não é tão extenso, mas tem umas coisas muito bacanas. Tem as tradicionais porções de aipim, batata frita, pastéis e polentinha. Mas também conta com bruschettas, ceviche, bolinhos de porco com barbecue, um sanduíche de rosbife, pizza de cebola caramelizada com gorgonzola e mais duas opções de crepe (incluindo de queijo de cabra e maçã). Há ainda um risoto de limão siciliano e um penne ao sugo. De sobremesa, tem duas opções brownie de chocolate  com entremet de doce de leite,  e entremet de morango com gelato de pistache. Os pratos são pensados pela chef Catsi Camelo, que morou dois anos em Buenos Aires.

Fiquei em dúvida sobre o que pedir, mas acabei optando por uma das bruschettas, de figo com parma. Vem cinco unidades (grandinhas) por R$ 23,70. Para acompanhar um chopp Uff Aveia, bem gostoso, que sai por R$ 10. As bruschettas têm uma apresentação linda e são muito boas. Depois, não resisti e precisei provar o brownie com entremet de doce de leite (qualquer lugar que ofereça brownie no cardápio já conquista meu coração <3, porque eu simplesmente amo!). De novo, uma apresentação super querida, com morangos, e um sabor incrível. Essa sobremesa sair por R$ 15. Com mais um chopp, minha conta deu R$ 58,70. A noite foi bem agradável, o lugar é muito legal para quem quer sentar e conversar. E fiquei com vontade de voltar para provar o sanduíche de rosbife, as bruschettas com damasco, brie e cogumelos e os crepes. Mais do que aprovado.

 

Passaggio

Onde fica: Rua Borges de Medeiros, 446, entre as ruas Bento Gonçalves e 20 de Setembro, Centro, Caxias do Sul, RS

Horário: sextas-feiras, das 19h à 1h

Mais: Facebook

 

Cardápio de primavera do restaurante Don Claudino, em Caxias do Sul (RS)

Antepasto: piem de coelho e suquete empanado. Foto: Kelly Pelisser

Eu já tinha feito um post falando do restaurante Don Claudino, de Caxias do Sul (RS), que fez um resgate da cozinha afetiva, com pratos que a gente comia na infância, produzidos de acordo com os ingredientes de cada estação. Agora, a casa está lançando o cardápio de primavera, que começa a valer nesta sexta-feira, dia 29. A ideia é uma comida com mais amor, que respeita as fases da natureza. O Don Claudino, que é bem conhecido pelos espaços para eventos, oferece o jantar no restaurante nas sextas e sábados, a partir das 19h30min.

Salada: quiche de radicchi cotti com mini folhas de radicchi fresco e crocante de bacon. Foto: Kelly Pelisser

Eu fui uma das pessoas convidadas a conhecer o menu de primavera em primeira mão. São duas opções de cardápio, uma mais completa, com três pratos, e outra um pouco mais simples, com dois pratos principais e uma sobremesa diferente. As duas têm antepasto e salada. O serviço é feito na mesa e a pessoa pode repetir o que quiser. Para vegetarianos, é possível contar a mesma sequência, mas sem as carnes. Provei a opção mais completa, que é simplesmente fantástica, com itens que lembram muito casa da nonna, como suquete empanado super crocante, e outras adaptações para surpreender, como piem de coelho, e quiche de radicchi cotti. A sobremesa dessa opção é divina, uma trilogia super lindinha, com uma palha italiana macia, que desmancha na boca, a tradicional ambrosia, e uma reinvenção do sagu, com leite de coco acompanhado de doce de manga (parece inusitado à primeira vista, mas combina demais!).

Primeiro prato: talharim artesanal ao molho de funghi freschi acompanhado de filé de frango com ervas crocantes. Foto: Kelly Pelisser

A primeira opção de cardápio, mais completa, tem: de antepasto, piem de coelho e suquete empanado; de salada, quiche de radicchi cotti com mini folhas de radicchi fresco e crocante de bacon; de primeiro prato, talharim artesanal ao molho de funghi freschi acompanhado de filé de frango com ervas crocantes; de segundo prato, risoto de ervilhas tortas e tomate cereja confit acompanhado de escalopes de filé grelhado; de terceiro prato, tortellini de cordeiro; e como sobremesa, uma trilogia maravilhosa, palha italiana, ambrosia e sagu de leite de coco com doce de manga. O preço para esta opção é R$ 84 por pessoa. Já para as crianças de cinco a 10 anos, é R$ 41. Os vegetarianos podem pedir os mesmos pratos, mas sem as carnes, pagando R$ 55.

Segundo prato: risoto de ervilhas tortas e tomate cereja confit acompanhado de escalopes de filé grelhado. Foto: Kelly Pelisser

A segunda alternativa é praticamente o mesmo menu, mas sem o terceiro prato e com uma sobremesa diferente. Nessa caso, vem de antepasto, piem de coelho e suquete empanado; de salada, quiche de radicchi cotti com mini folhas de radicchi fresco e crocante de bacon; de primeiro prato, talharim artesanal ao molho de funghi freschi acompanhado de filé de frango com ervas crocantes; de segundo prato, risoto de ervilhas tortas e tomate cereja confit acompanhado de escalopes de filé grelhado; e de sobremesa, uma seleção de semifreddo (sabores do dia). Para este, o valor é de é R$ 75 por pessoa. As crianças de cinco a 10 anos pagam R$ 37. E vegetarianos, R$ 55.

Terceiro prato: tortellini de cordeiro. Foto: Kelly Pelisser

A carta de bebidas do restaurante foi reformulada e conta agora com mais opções de vinhos nacionais, além do produzido pela vinícola Don Claudino. A ideia é valorizar os produtos da região.

De sobremesa: palha italiana, ambrosia e sagu de leite de coco com doce de manga. Foto: Kelly Pelisser

Se você é da Serra, é impossível provar o cardápio da Don Claudino sem lembrar da avó e dos almoços de colônia. É mais do que comida, é amor em pratos, lembranças boas e saudades. Para quem não é daqui, vale para conferir um pouco da identidade local revisitada. É o tradicional com uma cara nova que te recebe com um abraço e afeto.

 

Don Claudino Enogastronomia & Eventos

Onde fica: Rua Padre Alberto Luiz Lamonatto, 1127, bairro Nossa Senhora da Saúde, próximo aos Pavilhões da Festa da Uva, Caxias do Sul, RS

Horários: sextas-feiras e sábados, a partir das 19h30min. É bom reservar antes: (54) 3211.9899 ou (54) 3028.9066.

Maissite Facebook

Noite Mexicana no Café com Arte Bistrô, em Bento Gonçalves (RS)

Tudo começa com essa margarita. Foto: Kelly Pelisser

Fui convidada a ser cobaia do cardápio da Noite Mexicana que o Café com Arte Bistrô, de Bento Gonçalves (RS), vai fazer no dia 16 de setembro, sábado agora. Provei todos os pratos em primeira mão e posso dizer: estão aprovadíssimos! A ideia é uma sequência de cinco iguarias mexicanas super tradicionais, mais bebidinha de entrada e sobremesa no fim, tudo servido à vontade na mesa. O grande diferencial é que os ingredientes foram trazidos diretamente do México, em uma viagem feita pelos proprietários que pesquisaram a alta gastronomia, o dia a dia e a comida de rua por lá. A função no restaurante em Bento começa às 19h de sábado e é apenas sob reserva.

Nachos com molho de cheddar e guacamole. Foto: Kelly Pelisser

Tacos. Foto: Kelly Pelisser

Para quem não conhece o bistrô, ele funciona numa casa super colorida e querida, decorada com itens de viagens no bairro São Francisco. O restaurante abre para almoço com pratos executivos com um toque de requinte e para jantar, com cardápio que inclui burguers, sopas, risotos, cremes e massas, sempre de terça a sábado.

Hola, burrito. Foto: Kelly Pelisser

Quesadillas, suas lindas. Foto: Kelly Pelisser

Quem chegar na Noite Mexicana nesse sábado vai ser recepcionado com um um welcome drink de margarita, com salzinho no copo e tudo más. De entrada, chegam nachos artesanais guarnecidos de molho cheddar e a indefectível guacamole. Na sequência, já vem os tacos acompanhados de sour cream (que é aquele creme azedinho) e pico de gallo (aquele quase “vinagrete” mexicano). O próximo prato são burritos tradicionais. Aí vem as quesadillas de frango ao barbecue (adorei essas). E para finalizar os pratos salgados, chilli mexicano acompanhado de tortillas. Mas isso não é tudo: a estrela da noite é a sobremesa, churros com doce de leite. Tudo bem com sabor de México. Super gostosinho. A pimenta é quase imperceptível nos primeiros pratos e vai ganhando um pouco de força quando o menu vai crescendo, mas nada que assuste.

Chilli e tortillas. Aí, a pimenta já aumentou. Foto: Kelly Pelisser

O valor dessa experiência toda é R$ 65 por pessoa livre (sim, dá para repetir o que você quiser). Nesse preço, só vem o welcome drink. Outras bebidas são pagas à parte e a casa não cobra 10% de taxa de serviço. O jantar mexicano será apenas sob reserva, que pode ser feita pelo telefone (54) 2621.5302 ou pelo Facebook. Mais detalhes estão no evento na página do Face do bistrô.

Um amor chamado churros com doce de leite. Foto: Kelly Pelisser

 

Café com Arte Bistrô

Onde fica: Rua Marques de Souza, 354, Bento Gonçalves, RS

Horários: de terça a sábado, das 11h30min às 13h30min e das 19h às 23h

Mais: Facebook

 

Festival do Moscatel, em Farroupilha (RS)

Ilha das vinícolas fica ao centro. Foto: Kelly Pelisser

Estive no Festival do Moscatel, de Farroupilha (RS), no domingo passado. A festa começou na sexta e seguiu no sábado e domingo no Centro de Eventos Mario Bianchi, no Parque Cinquentenário, o mesmo onde ocorria a Fenakiwi. E para quem quiser ainda aproveitar tem de novo nessa sexta, dia 8, no sábado, dia 9, e no sábado da semana que vem, dia 16. Mas, para esse sábado, dia 9, não há mais ingressos disponíveis. Esse domingo em que eu fui era o único dia em que o festival rola ao meio-dia. Nos demais, é sempre à noite, das 19h às 23h. A função é a seguinte: o pessoal fica acomodado em mesas redondas e pode se servir à vontade de comida, bebidas e sobremesas. Embora o nome destaque o moscatel, produto símbolo de Farroupilha (o maior produtor nacional dessa variedade de uvas), no evento também são servidos espumante brut, vinhos e sucos de uva, além de água (claro, né). São cerca de 40 rótulos de oito vinícolas de Farroupilha: Adega Chesini, Cave Antiga Vitivinícola, Cooperativa Vinícola São João, Monte Paschoal, Vinhos Cappelletti, Vinícola Colombo, Vinícola Tonini e Vinícola Perini.

Buffet de pratos principais. Foto: Kelly Pelisser

Risoto de moscatel rosé é um dos pratos. Foto: Kelly Pelisser

Saladas estão disponíveis em todas as ilhas. Foto: Kelly Pelisser

As bebidas ficam em uma ilha ao centro do salão. Em uma das laterais, estão três ilhas de comida, com pratos diferentes em cada uma delas, mas sempre tem uma carne e um risoto ou massa, arroz selvagem e batata sauté, além de saladas. Um dos pratos é um risoto com espumante rosé e morangos. Há também uma mesa com entradinhas, como queijo e salame. Além de duas mesas com sobremesas (os mesmos itens nas duas, com bolo, pavê e mousses).

Meu prato (pra começar. Ahaha). Foto: Kelly Pelisser

O evento é realizado pela Associação Farroupilhense de Produtores de Vinhos, Espumantes, Sucos e Derivados (Afavin) em parceria com a prefeitura. No sábado, diz que o evento tem uma cara de jantar dançante. Há música ao vivo em todos os dias, com Robson Gervasoni e banda, que tocam sucessos atuais e antigos de ritmos variados.

Olá, sobremesas. Foto: Kelly Pelisser

Os ingressos estão disponíveis na Secretaria de Turismo e Cultura de Farroupilha ou pelo e-mail contato@vinhosdefarroupilha.com.br.  Também é possível comprar pelo site Sympla (https://www.sympla.com.br/festival-do-moscatel__171843). Para a sexta, o ingresso individual do 2º lote têm valor de R$ 115; para o sábado, dia 16/09,  o  ingresso individual do 2º lote tem o valor de R$ 130. Para menores de idade, os valores são:  R$ 85  (12 a 17 anos) e R$ 55 (7 a 11 anos). Crianças até seis anos têm entrada franca. O estacionamento no Centro de Eventos Mario Bianchi é gratuito. O Festival do Moscatel também oferece transporte cortesia  de ida e volta dos hotéis ao local do evento para os visitantes hospedados nos hotéis Adoro, Bem-te-vi, Concatto, Di Capri, Farina Park e Nova Vicenza, basta fazer o agendamento no Check in.

Essa sobremesa merece um close. Foto: Kelly Pelisser

cardápio da edição, elaborado por equipe Dirceu Dalla Riva, assessorado  pela chef Janete Canello, é composto por: Aperitivos: Queijo, Salame, Copa, Peito de peru e Pães. Saladas: Mix de folhas verdes,  Radicci com bacon, Agrião com cubos de maça, morango e manga, Rúcula com tomate cereja, Endívia com kiwi e pimenta biquinho, Salpicão de legumes com frango desfiado, presunto, queijo e maionese.  Pratos Principais: Medalhão de filé com alho poró e vinho branco, Costela suína ao molho barbecue, Filé de frango recheado com presunto parma, queijo gorgonzola ao molho bechamel com requeijão e cheddar. Acompanhamentos: Arroz selvagem com nozes e castanhas, Risoto de Morangos com Espumante, Batata souté com ervas finas, Espaguete  com molho de funghi, Mini penne al pesto. Sobremesas: Mousses de chocolate, maracujá,  morango e limão, Taças de chantilly com mereguinhos e morangos com calda de moscatel, Taças de sorvete com calda de frutas vermelhas ao vinho tinto, Taças de ganache com bombons picados, Torta mousse de chocolate.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (54) 3261.6963 e e-mail turismo@farroupilha.rs.gov.br. Ou no Facebook:  facebook.com/festivaldomoscatel e curtir a página.

 

Insieme Caffe, em Flores da Cunha (RS)

Adorei esse papel de parede com pontos turísticos da Itália, inspiração do café. Foto: Kelly Pelisser

O Insieme Caffe é um lugar super querido em Flores da Cunha (RS) e muito fácil de encontrar: fica bem no centrão mesmo, na esquina da igreja matriz da cidade, de frente para a praça. A ideia é levar um pouco da Itália para lá, país onde os proprietários já moraram. O cardápio é escrito em italiano (com a tradução também, tá) e tem itens típicos, como piadinas e paninis. Também tem gelatos, waffles, cafés, sopas em cremes (inclusive no pão), biscoitinhos e docinhos queridos (tipo uma crostata de chocolate com amendoim), entre outros itens.

A ambientação é um clean-chique, com destaque para um papel de parede com representações de alguns pontos turísticos famosos da Itália. As piadinas são espécies de sanduíches com uma massinha fina, e custam na faixa dos R$ 20. Tem sorvete de forno com morangos por R$ 15. E uma opção fofa com biscoitinhos e chá numa xícara daquelas de vovó por R$ 10. Os cremes no pão custam de R$ 30 a R$ 32 e são de moranga, mandioquinha ou queijo.

Suco de morango e laranja, dividido em cores. Foto: Kelly Pelisser

Como o dia estava bem quente, escolhi um suco de laranja com morango, que custa R$ 5. Achei legal que ele vem dividido em cores no copo. Eles fazem os sucos separados. Fica bonito o efeito visual. E pedi também um waffle com gelato, calda de frutas vermelhas, morango e chantilly. Esse custa R$ 12. Dá para escolher o sabor do sorvete. Eu peguei de dark chocolate, porque é o que eu mais amo! Demorou uns 15 minutos para fazer. O sorvete e a calda vem em cima do waffle e os morangos, picados, e o chantilly ficam ao lado. Então, você mesmo vai provando os sabores separados ou juntos. O sorvete é bem do jeito que eu gosto. Do suco e do waffle paguei R$ 17 e fiquei com vontade de voltar para conhecer as outras opções do cardápio desse lugar gracinha.

Waffle com gelato, calda de frutas vermelhas, morangos e chantilly. Foto: Kelly Pelisser

 

Insieme Caffe

Onde fica: Avenida 25 de Julho, 1503 (na esquina da igreja, na praça central), Flores Da Cunha, RS

Horários: de terça a quinta, das 11h30min às 21h, nas sextas e sábados, das 11h30min às 22h, e domingos, das 14h30min às 21h.

Mais: Facebook

 

Sweez Café, de Caxias do Sul, abre à noite e tem crepes no cardápio

Crepe La Poulet, que vem com blend de queijos, frango defumado com ervas frescas, ovo Miroir e cogumelos de Paris salteados. Foto: Kelly Pelisser

Eu já falei diversas vezes aqui no blog que eu a Sweez Café é uma das minhas confeitarias preferidas em Caxias do Sul (RS). Tudo é artesanal, livre de aromatizantes e químicos, super bonitinho de olhar e muito gostosinho de comer. O ambiente também é lindo, descontraído e ainda pet friendly (sim, aceitam bichinhos de estimação). Pois a Sweez está com duas super novidades: agora fica aberta até mais tarde e também conta com crepes franceses doces e salgados! É muito amor, né? O atendimento é de segunda à quarta, das 14h às 22h, nas quintas e sextas, das 15h às 23h, e sábados, das 13h às 23h. Ou seja, dá tranquilo, pra sair do trabalho e jogar conversa fora com os amigos, jantar, e tudo mais.

Além dos doces e salgados, mais os sanduíches, a Sweez investiu forte em cafés especiais nos últimos tempos. Agora, ampliou também a carta de vinhos e de cervejas artesanais. Ah, tem pra vender itens para levar para casa, de copos a pó de café. E o cardápio noturno foi reforçado com os crepes. A novidade está disponível a partir das 17h. São 10 opções doces, desde com canela e mel, passando por chocolate branco belga e nozes, mais brigadeiro de chocolate belga, ou morango, banana, amêndoas filetadas e Nutella (ai, meu Deus!) e chocolate branco belga e paçoca (gente, eu preciso provar esse! Amooo paçoca!). Esses custam entre R$ 9,50 e R$ 18,50. Os salgados podem servir de refeições completas. São 12 opções. Para começar, a massa é feita com farinha de trigo sarraceno, que é mais saudável e não tem glúten. Para quem não curtir tanto massas integrais, tem outra opção com 30% de trigo sarraceno. Vários dos crepes levam blend de queijo, que é feito com queijo gruyére, samsoe e mozzarella. E alguns deles tem ovo Miror, que é um ovo molinho. Vou citar alguns dos sabores: La Dijonnaise (queijo mozzarella, filé mignon ao molho de mostarda Dijon), L’Parisiene (blend de queijos, cogumelos Paris e ovo Miroir), La Végétarienne (ricota de ovelha temperada com ervas frescas, espinafre fresco, mel e nozes), La Prosciuto (blend de queijos, presunto de Parma, tomate cereja e rúcula). Tudo dá água na boca, né? Esses salgados vem acompanhados de uma salada de folhas e tomate cereja, com molho de mostarda e mel. Os preços dos crepes salgados variam de R$ 16 a R$ 34.

Eu fui lá conferir à noite, porque estava querendo jantar, mas algo mais levinho. Escolhi o crepe La Poulet, que vem com blend de queijos, frango defumado com ervas frescas, ovo Miroir e cogumelos de Paris salteados. Ah, com a massa 100% de trigo sarraceno, sem glúten e sem lactose. O preço desse é R$ 32. Vem com a saladinha junto. A massa é bem gostosinha e fina. Não lembra em nada aquelas coisas integrais sem gosto. O recheio é uma explosão de sabores. E adorei o tempero da salada. Uma experiência super agradável para o jantar.

Esse aí é o Plaisir, com chocolate e baunilha natural e gemada caramelizada. Foto: Kelly Pelisser

Para arrematar, peguei um docinho, que também é novidade. O nome dele é Plaisir, que significa prazer em francês, mas também é o nome da cidade onde os confeiteiros chefs da Sweez moraram na França. O docinho é de chocolate e baunilha natural. Vem com biscuit de amêndoas, mousse de chocolate 70%, mousse de baunilha do Taiti e, por cima, gemada caramelizada. Fica super delicado, e com um sabor equilibrado. Custa R$ 9,90.

Amei todas as novidades e vou ter que voltar várias vezes para provar os crepes que eu fiquei namorando (e super indecisa na hora de pedir). Bom é que agora fica aberto até mais tarde.

 

Sweez Café

Onde fica: Rua Coronel Flores, 749 – sala 3, na antiga Estação Férrea, bairro São Pelegrino, Caxias do Sul, RS

Horários: de segunda à quarta, das 14h às 22h, nas quintas e sextas, das 15h às 23h, e sábados, das 13h às 23h.

Mais: site e Facebook