20barra9, em Caxias do Sul (RS)

 

Decoração tem vaquinhas. Foto: Kelly Pelisser

Decoração tem vaquinhas. Foto: Kelly Pelisser

ATUALIZAÇÃO: A CASA FOI FECHADA

Abriu não faz muito em Caxias do Sul uma filial do bar carniceria (como eles mesmos se apresentam) 20barra9. O nome é uma referência à data da Revolução Farroupilha, já que a estrela do cardápio é a queridinha dos gaúchos, a carne. O slogan deles é carne sem vergonha, com carinho e sem frescura. Ah, mas eles pensaram também em que é vegetariano ou está num dia sem vontade de comer a iguaria: dá para substituir a proteína animal por cogumelos, sem mudar o valor dos pratos.

Ganchos e papel toalha pendurados no 20barra9. Foto: Kelly Pelisser

Ganchos e papel toalha pendurados no 20barra9. Foto: Kelly Pelisser

Pra quem não conhece: a casa original é de Porto Alegre (e também tem uma filial no Litoral agora, em Atlântida). A de Caxias fica em endereço nobre: na Estação Férrea, na Rua Coronel Flores, no mezanino do antigo Bar da Brahma. A entrada é por uma portinha lateral àquela do bar que fechou (nesse momento, as vitrines da parte de baixo do antigo bar estão cobertas com papel pardo. Mas o 20barra9 é só na parte superior mesmo, no mezanino). Ali na porta já, uma moça pergunta mesa para quantos e informa uma menina lá na parte de cima, que indica as mesas livres. Tem algumas de madeira, estilo de piquenique, outras de metal, também dá para sentar ao longo de bancadas perto da parede (de madeira ou de metal, estilo de pia mesmo). O ambiente tem música ao fundo e é decorado com imagens de vacas, de bacon e ganchos lembrando açougue. Os guardanapos não estão nas mesas, porque há rolos de papel toalha pendurados, que também são parte da decoração.

Hambúrguer acompanhado de batata doce frita. Foto: Kelly Pelisser

Hambúrguer acompanhado de batata doce frita. Foto: Kelly Pelisser

Todas as mesas têm cardápios. Você escolhe o que quer e vai até o caixa, onde faz o seu pedido e já paga. Quando estiver pronto, te chamam pelo nome (é por microfone, você vai ouvir mesmo se estiver longe do balcão). Vamos ao cardápio: tem hambúrguer, com rúcula, tomate gaúcho e cebola roxa. Dá para escolher o tamanho da carne, entre 130 gramas e 220 gramas ou um duplo de 220 gramas, mais o pão (brioche ou massinha – mais adocicado), a maionese (caseira ou wasabi) o queijo (cheddar ou colonial) e o acompanhamento (batata rústica, aipim ou batata doce frita). Os preços variam de R$ 28 a R$ 49, dependendo do tamanho da carne. Tem também uma opção de hambúrguer de cordeiro, sanduíche de filé com queijo colonial e maionese, ou ainda um entrecot na tábua com dois acompanhamentos e farofa, ou ainda linguicinha assada na brasa e pão de alho (que água na boca!) ou espetinho de filé! Dá para pegar separados também salada ou batata doce frita, rústica ou aipim. Para beber, tem água, refri, chá gelado, suco de lata, cerveja long neck (Corona, Heineken ou Sol), além de vinhos e espumantes em garrafa, drinks (Mojito, caipiras com limão e bergamota, etc), e shots ou garrafas de vodka, tequila e whisky. De docinho, tem milk shakes de paçoca ou de Oreo e um brownie com sorvete e calda de churros (Jesus!).

Quanta coisa gostosa! Bom, decidi começar pelo básico: um hambúrguer pequeno, com pão de brioche, queijo colonial, maionese wasabi e batata doce frita (muito amor por quem serve queijo colonial e batata doce!). O pedido vem rápido e chega numa assadeira de alumínio. As batatas também vem numa caneca de metal. O burguer saiu por R$ 28 e, com mais um chá gelado, a conta deu R$ 34. Adorei o lugar! Transita entre o gourmet e o roots, com gente bonita. E quero voltar já para comer o sanduíche de filé e a linguiça com pão de alho, e mais o brownie de sobremesa! Vale muito para o happy hour ou jantar!

ATUALIZAÇÃO: A CASA FOI FECHADA

20barra9

Onde: Rua Coronel Flores, 749, na Estação Férrea (no mezanino do antigo Bar da Brahma), bairro São Pelegrino, Caxias do Sul (RS)

Horários: de terça-feira a domingo, das 19h às 00h30min (a partir do dia 10 de janeiro, vão abrir às 18h)

Mais: site e Facebook

 

Lancheria Gato Preto, em Caxias do Sul (RS)

almoço

Comida é servida na mesa. Faltaram na foto o feijão e o pão. Foto: Kelly Pelisser

A Lancheria Gato Preto, definitivamente, não seria um lugar onde eu entraria para fazer uma resenha para o blog. É uma lancheria daquelas tradicionais, um bar roots mesmo, com caras sentados para beber uma cerveja ou café no balcão. Mas fui lá por indicação de amigos, que disseram que a comida era realmente boa.

O ambiente, na esquina da Rua Ernesto Alves com a Ministro Toledo, em Caxias do Sul, é de botecão, bem masculino. Aliás, enquanto eu estava lá almoçando, só vi duas mulheres, e as duas, acompanhadas. No mais, só mesas com homens. Ali perto, há duas borracharias. Eu fui sozinha. Quando cheguei e disse que estava sozinha, o cara que me recebeu me olhou meio torto, não sei se pelo fato de ser uma mulher sozinha naquele ambiente ou se por eu ocupar uma mesa sozinha com lugar para mais pessoas. Fora essa primeira impressão inicial, foram cordiais no atendimento.

moranga abobóra

Sobremesa: moranga caramelizada. Foto: Kelly Pelisser

O sistema de almoço é assim, como está explicado num quadro, com as inscrições “Black Cat Steakhouse” (gostei da brincadeira): você escolhe o tipo de carne e aí vem os acompanhamentos à vontade. Há carne de gado (coxão mole, com opções acebolada ou com queijo, chuleta – também dá para pedir acebolada, ou tatu bovino à milanesa), frango (na chapa, com queijo ou à milanesa), bife de fígado (normal ou acebolado), carne de panela, lombinho de porco (normal ou acebolado) e costelinha ao forno (de gado ou porco). Dependendo da carne escolhida, os preços são R$ 20, R$ 23 ou R$ 25. Esse valor é por pessoa. Crianças abaixo de sete anos não pagam. Os acompanhamentos, em todos os casos, são pão, salada de tomate, alface e beterraba, arroz, feijão, polenta frita e linguicinha. Tudo vem na mesa em pratos e à vontade. Você pode pedir mais porções do que quiser.

Eu pedi um bife de coxão mole coberto por queijo. Esse custa R$ 25. Realmente, a carne, a linguicinha e a polenta são maravilhosas! Aquela gordura trans boa, sabe? Hehe. A salada, o feijão, tudo é bem preparadinho. Não pedi para repetir porque, para mim, já foi mais do que o bastante. De sobremesa, ainda veio um pedaço bem generoso de moranga caramelizada. Ofereceram também um cafezinho. Realmente, é um botecão que vale a pena. Só faço a ressalva que, talvez, mulheres sozinhas se sintam um pouco desconfortáveis pelo ambiente bem masculino, embora ninguém tenha me tratado mal. Mas, nada que ir comer com uma turma não resolva para poder aproveitar melhor a comida excelente.

 

Lancheria Gato Preto

Onde: Rua Ernesto Alves, 2745, esquina com a Ministro Toledo, bairro São Pelegrino, Caxias do Sul, RS

Horário: almoço, de segunda a sexta, das 11h30min às 13h30min

Bombora, de Caxias do Sul (RS)

 

espetinhos bombora caxias

Espetinhos de coração com farofa, xixo de alcatra e linguiça e provolone. (Ah, a foto não ficou muito boa porque a luz não ajuda muito). Foto: Kelly Pelisser

O Bombora é uma casa que oferece espetinhos (isso mesmo, a gourmetização do velho espetinho) salgados e doces em Caxias do Sul. Abre às noites, de terça a sábado, com um clima de happy hour, música ambiente e meia luz. Aliás, com a meia luz e o cardápio com letras e fundo escuros é um pouco difícil de ler os itens. Hehe. Mas eu ajudo vocês. A maioria dos espetinhos salgados têm carne, de alcatra, frango, linguiça, coração de galinha, suíno e camarão. Quase todos tem opções de variações como xixo (com cebola e pimentão – mas bem fininhos, não pedaços grandes desses itens) ou com queijo. Para os vegetarianos, tem de batata na manteiga com orégano ou de queijo coalho. Há ainda os espetinhos doces, com frutas. Tem ainda pão de alho no espetinho.

Cada espetinho é individual. Mas, se você estiver com fome, vai precisar de uns três ou quatro, porque não são muito grandes. Custam de R$ 5,5 a R$ 18 (esse mais caro é o de camarão). Os de carne estão em média entre R$ 7 e R$ 9.

Para quem não quer encarar o espetinho, tem saladas e petiscos como batata frita, polenta frita, aipim frito, bolinho de bacalhau, pastéis de siri e anéis de cebola. Também há algumas sobremesas que são servidas em pratos, como petit gateau. A carta de bebidas alcoólicas é ampla, de cervejas a gim, whisky, caipira, cachaça e vodka.

Provei um pão de alho no espeto, um espetinho de coração de frango com farofa, um de xixo de alcatra e um de linguiça com provolone. Todos bons, especialmente o de coração e o pão de alho. Só demora um pouco para chegar o pedido, mesmo se você pedir um espetinho só. Aliás, eu pedi os três de carne em conjunto. Até que terminei de comer, alguns dos itens já estavam meio frios. Então, talvez seja melhor ir pedindo aos poucos. Ou vá dividindo com os amigos, ao invés de pedirem itens individuais. Ah, e o suco de laranja não é natural (não sei se vocês são chatos para o suco como eu. Hehe).

 

 

Bombora Bar e Restaurante

Onde: Rua Feijó Júnior, 1112, (na parte da Feijó perto da Estação Férrea), Caxias do Sul (RS)

Horários: de terça a sexta, das 18h30min à 0h, e aos sábados, das 19h30min à 0h.

Mais: Facebook