Dude Coffee Company, na Fabbrica, em Caxias do Sul (RS)

Submarino: capuccino com barra de chocolate. Foto: Kelly Pelisser

Sabe aquele negócio que tem alma e está num lugar lindo e com produtos ótimos, design encantador e atendimento maravilhoso? Dá gosto conhecer um lugar assim. E foi isso que eu senti visitando o Dude Coffee Company, uma cafeteria e microtorrefação de cafés especiais localizada num dos espaços gastronômicos mais incríveis de Caxias do Sul (RS), a Fabbrica. Se você não conhece o lugar, é uma antiga vinícola e pavilhão industrial, com chaminé e tudo, onde hoje funcionam uma cervejaria, a Salvador, um sushi, o Taiyo (sim, trocou a casa de sushi lá) e uma enopizzaria, a Becco. Se esses três atendem à noite e dão uma cara de happy hour e jantar ao lugar, agora o Dude dá vida aos jardins da Fabbrica pela tarde.

Jardins da Fabbrica pra tomar um café de tarde. Foto: Kelly Pelisser

Tudo começou com amigos que descobriram o gosto pelos cafés especiais e novas formas de preparar a bebida. A ideia virou um clube e um negócio com uma marca própria de cafés. Daí, tudo conspirou para que o ponto físico acontecesse em abril desse ano, com a venda dos cafés em pó ou grão para levar para casa para preparar ou para consumir lá. A cara é de lugar cosmopolita, pequeninha, num cantinho da Fabbrica, para tomar café ali no balcão mesmo ou pegar a sua xícara e se espalhar em uma das mesas ao ar livre. A cafeteria funciona de terças a domingo, das 14h às 19h, ou seja, ela faz essa troca de guarda com o pessoal que chega para as noites nas outras operações da Fabbrica.

Café gelado com nitrogênio Foto: Kelly Pelisser

Todo o café em grãos é comprado de pequenos produtores familiares, de Minas Gerais, Bahia e Espírito Santo, com todo cuidado na produção. Ali mesmo no Dude é feita a torra dos cafés uma vez por semana. Cada café tem seu terroir, suas características próprias de acordo com solo e clima de cada região (assim como ocorre com a uva e os vinhos). O tempo e a temperatura da torra vão acentuar essas características da origem dos grãos e trazer novos sabores para a bebida. Depois, vem o trabalho do barista, que mói os grãos torrados e prepara a bebida em diferentes métodos de extração. E é incrível perceber que, dependendo do método, o mesmo grão tem um resultado totalmente diferente na xícara e na boca. A proposta do Dude é espalhar essa cultura do café, mas de um jeito descomplicado. Não é seguir regras, nem ensinar como as pessoas devem beber café. Mas, apenas mostrar que há todo um universo de possibilidades muito além dos saquinhos ou garrafas conhecidas das prateleiras de supermercados.

Embalagens de café pra levar. Foto: Kelly Pelisser

O cardápio da cafeteria tem desde os tradicionais coado, espresso, cappuccino, passando por séries especiais, como o Magical Caramel (com cappuccino, caramelo, chantilly e marshmallow), até drinks com ou sem alcool com café! Sim, drinks com café! Os valores variam de R$ 5 a R$ 20. Para comer, hoje, tem pão de queijo, folhados, croissant, brownie e cookies, por R$ 5 cada, mas eu sei que logo o cardápio deve ganhar novidades. Dos cafés, eu provei o Submarino, um cappuccino acompanhado de uma barra de chocolate bean to bar (ou seja, chocolate de verdade) para você mergulhar no café. Esse custa R$ 12. Vale muito a pena! Outro que eu provei e achei sensacional porque é diferente de tudo o que você já viu é o Nitro Coldbrew, um café gelado com nitrogênio! Sim! É um café que fica em infusão em temperatura ambiente por 18 horas (ou seja, é preparado de um dia para outro). Depois a bebida vai para um barril e é misturada com nitrogênio e sai numa torneira estilo Guinness (a cerveja escura da Irlanda). Parece louco e hype, mas é muito cremoso e leve. Prove, é diferente e você não vai se arrepender. Esse custa R$ 5 a dose de 150 ml e R$ 10 a de 400 ml. Ele também é base dos drinks com álcool (um com Gin e outro com Whisky) e também de drinks sem álcool (com tônica e limão, por exemplo).

Embalagens sustentáveis de bambu. Foto: Kelly Pelisser

Outra pegada forte da Dude é o design. As embalagens são muito incríveis. As caixinhas têm ilustrações de artistas brasileiros. E há também preocupação com a sustentabilidade. Quem levar de volta as embalagens ganha desconto em novas compras. Os copos descartáveis do take away são de fibra de bambu.

O Dude tem ainda o ecommerce e entrega para todo o Brasil. Há também a possibilidade de participar do clube do café, em que a cada mês, se recebe um lançamento da marca. A pessoa também ganha um álbum de figurinhas para completar com cards que vem junto com o café. O valor do clube é R$ 25 mais o frete até a sua casa. Quem for de Caxias do Sul, pode retirar direto lá na Fabbrica, se preferir. Membros do clube também tem 20% de desconto na compra de outros cafés, fora da caixa de assinatura. Para quem comprar as embalagens individuais, elas custam de R$ 30 a R$ 42 o pacote de 250 gramas.

Café coado. Foto: Kelly Pelisser

Se você não entende nada de cafés especiais, não se preocupe. O pessoal do Dude é muito generoso, é só você encostar no balcão e trocar uma ideia com eles sobre o que você gosta e como prepara seu café em casa e o quanto está aberto para ter novas experiências. É certo que você vai se surpreender e ainda fazer amigos. O café em pó para levar é moído na hora por eles. O cheiro, mesmo com a embalagem fechada, é muito incrível. Se você gosta de café e quer explorar um pouco mais esse universo, passa lá. Ou mesmo se você quer simplesmente estar num lugar agradável para fugir da rotina, conversar com amigos ou até trabalhar ao ar livre, é só dar uma passada nas tardes da Fabbrica.

 

Dude Coffee Company

Onde fica: Espaço gastronômico Fabbrica, Rua Nelson Dimas de Oliveira, 11, bairro Lourdes, Caxias do Sul (RS)

Horários: de terça a domingo, das 14h às 19h

Zero 54, em Caxias do Sul (RS)

Zero 54 em Caxias do Sul

O Zero 54 tem vários ambientes. Foto: Kelly Pelisser

O Zero 54 é realmente um espaço plural na antiga Estação Férrea em Caxias do Sul (RS). Abre de manhã até a madrugada. Dá para tomar café, fazer um lanche, almoçar, jantar e ir pra balada. Ah, também é loja e galeria de arte. Do pessoal do Coletivo Labs, a ideia é justamente ser um pouco de tudo, café, restaurante, pub. Como o nome sugere, o espaço prioriza a produção local. Na loja, há roupas, acessórios, bolsas, móveis e artigos de decoração. A Zero 54 expõe e vende o trabalho de artistas também.

Na cafeteria, há salgados, bolos, café, sucos e cerveja. Entre 11h30min e 14h, entre terça e sexta, tem buffet para o almoço. Custa R$ 19,9 (dá para se servir à vontade) e, nesse preço já vem incluído um suco natural (de polpa). Ah, não esqueça de pegar no caixa, na entrada, uma comanda para almoçar. No dia em que eu fui, tinha sopa de massa com frango, acompanhada de torradas, algumas opções de saladas (tomate, repolho, cenoura, essas básicas), feijão, arroz, batata frita, frango com mostarda, massa, arroz de forno, estrogonofe. De suco, dava para escolher entre abacaxi com hortelã ou tangerina.

Almoço na Zero 54

Esse foi meu almoço. Foto: Kelly Pelisser

À noite, você escolhe um dos itens do cardápio para jantar. Já comi um hambúrguer, estilo gourmet, americano lá, acompanhado de chips. Eles oferecem cervejas artesanais e também algumas importadas (eu escolhi uma Vedett). A comida estava boa, mas, não sei se foi algo específico do dia em que eu fui lá (só jantei uma noite), mas minha única reclamação é que o pedido demorou demais para chegar.

Para quem jantar de quinta a sábado por lá, normalmente, rola uma festinha depois (nesses dias, é cobrado um ingresso a partir de um determinado horário. Aliás, no dia que eu fui jantar, nem fiquei para a festa mesmo, mas me cobraram a entrada porque eu saí depois do horário limite). No Face, eles avisam sobre as festas. Tem dias em que é eletrônico, outros hip hop, outros samba. É variado o repertório.

Loja na Zero 54

Também tem loja e galeria de arte no Zero 54. Foto: Kelly Pelisser

O lugar ficou muito bacana e a proposta é fantástica. Dá para fazer qualquer refeição, usar as mesinhas para trabalhar durante o dia (tem wi-fi) ou curtir uma festinha de noite. Tem reunido várias tribos, mas especialmente quem curte espaços mais alternativos.

 

Zero 54

Onde: Rua Augusto Pestana, 154, na Estação Férrea (no antigo Boteco 13), Caxias do Sul (RS)

Horários: de terça a quarta, das 9h à meia-noite, quinta, das 9h à 1h30min, sexta, das 9h às 2h, e sábado, a partir das 19h até a festa da madrugada acabar.

Mais: Facebook