Dude Coffee Company, na Fabbrica, em Caxias do Sul (RS)

Submarino: capuccino com barra de chocolate. Foto: Kelly Pelisser

Sabe aquele negócio que tem alma e está num lugar lindo e com produtos ótimos, design encantador e atendimento maravilhoso? Dá gosto conhecer um lugar assim. E foi isso que eu senti visitando o Dude Coffee Company, uma cafeteria e microtorrefação de cafés especiais localizada num dos espaços gastronômicos mais incríveis de Caxias do Sul (RS), a Fabbrica. Se você não conhece o lugar, é uma antiga vinícola e pavilhão industrial, com chaminé e tudo, onde hoje funcionam uma cervejaria, a Salvador, um sushi, o Taiyo (sim, trocou a casa de sushi lá) e uma enopizzaria, a Becco. Se esses três atendem à noite e dão uma cara de happy hour e jantar ao lugar, agora o Dude dá vida aos jardins da Fabbrica pela tarde.

Jardins da Fabbrica pra tomar um café de tarde. Foto: Kelly Pelisser

Tudo começou com amigos que descobriram o gosto pelos cafés especiais e novas formas de preparar a bebida. A ideia virou um clube e um negócio com uma marca própria de cafés. Daí, tudo conspirou para que o ponto físico acontecesse em abril desse ano, com a venda dos cafés em pó ou grão para levar para casa para preparar ou para consumir lá. A cara é de lugar cosmopolita, pequeninha, num cantinho da Fabbrica, para tomar café ali no balcão mesmo ou pegar a sua xícara e se espalhar em uma das mesas ao ar livre. A cafeteria funciona de terças a domingo, das 14h às 19h, ou seja, ela faz essa troca de guarda com o pessoal que chega para as noites nas outras operações da Fabbrica.

Café gelado com nitrogênio Foto: Kelly Pelisser

Todo o café em grãos é comprado de pequenos produtores familiares, de Minas Gerais, Bahia e Espírito Santo, com todo cuidado na produção. Ali mesmo no Dude é feita a torra dos cafés uma vez por semana. Cada café tem seu terroir, suas características próprias de acordo com solo e clima de cada região (assim como ocorre com a uva e os vinhos). O tempo e a temperatura da torra vão acentuar essas características da origem dos grãos e trazer novos sabores para a bebida. Depois, vem o trabalho do barista, que mói os grãos torrados e prepara a bebida em diferentes métodos de extração. E é incrível perceber que, dependendo do método, o mesmo grão tem um resultado totalmente diferente na xícara e na boca. A proposta do Dude é espalhar essa cultura do café, mas de um jeito descomplicado. Não é seguir regras, nem ensinar como as pessoas devem beber café. Mas, apenas mostrar que há todo um universo de possibilidades muito além dos saquinhos ou garrafas conhecidas das prateleiras de supermercados.

Embalagens de café pra levar. Foto: Kelly Pelisser

O cardápio da cafeteria tem desde os tradicionais coado, espresso, cappuccino, passando por séries especiais, como o Magical Caramel (com cappuccino, caramelo, chantilly e marshmallow), até drinks com ou sem alcool com café! Sim, drinks com café! Os valores variam de R$ 5 a R$ 20. Para comer, hoje, tem pão de queijo, folhados, croissant, brownie e cookies, por R$ 5 cada, mas eu sei que logo o cardápio deve ganhar novidades. Dos cafés, eu provei o Submarino, um cappuccino acompanhado de uma barra de chocolate bean to bar (ou seja, chocolate de verdade) para você mergulhar no café. Esse custa R$ 12. Vale muito a pena! Outro que eu provei e achei sensacional porque é diferente de tudo o que você já viu é o Nitro Coldbrew, um café gelado com nitrogênio! Sim! É um café que fica em infusão em temperatura ambiente por 18 horas (ou seja, é preparado de um dia para outro). Depois a bebida vai para um barril e é misturada com nitrogênio e sai numa torneira estilo Guinness (a cerveja escura da Irlanda). Parece louco e hype, mas é muito cremoso e leve. Prove, é diferente e você não vai se arrepender. Esse custa R$ 5 a dose de 150 ml e R$ 10 a de 400 ml. Ele também é base dos drinks com álcool (um com Gin e outro com Whisky) e também de drinks sem álcool (com tônica e limão, por exemplo).

Embalagens sustentáveis de bambu. Foto: Kelly Pelisser

Outra pegada forte da Dude é o design. As embalagens são muito incríveis. As caixinhas têm ilustrações de artistas brasileiros. E há também preocupação com a sustentabilidade. Quem levar de volta as embalagens ganha desconto em novas compras. Os copos descartáveis do take away são de fibra de bambu.

O Dude tem ainda o ecommerce e entrega para todo o Brasil. Há também a possibilidade de participar do clube do café, em que a cada mês, se recebe um lançamento da marca. A pessoa também ganha um álbum de figurinhas para completar com cards que vem junto com o café. O valor do clube é R$ 25 mais o frete até a sua casa. Quem for de Caxias do Sul, pode retirar direto lá na Fabbrica, se preferir. Membros do clube também tem 20% de desconto na compra de outros cafés, fora da caixa de assinatura. Para quem comprar as embalagens individuais, elas custam de R$ 30 a R$ 42 o pacote de 250 gramas.

Café coado. Foto: Kelly Pelisser

Se você não entende nada de cafés especiais, não se preocupe. O pessoal do Dude é muito generoso, é só você encostar no balcão e trocar uma ideia com eles sobre o que você gosta e como prepara seu café em casa e o quanto está aberto para ter novas experiências. É certo que você vai se surpreender e ainda fazer amigos. O café em pó para levar é moído na hora por eles. O cheiro, mesmo com a embalagem fechada, é muito incrível. Se você gosta de café e quer explorar um pouco mais esse universo, passa lá. Ou mesmo se você quer simplesmente estar num lugar agradável para fugir da rotina, conversar com amigos ou até trabalhar ao ar livre, é só dar uma passada nas tardes da Fabbrica.

 

Dude Coffee Company

Onde fica: Espaço gastronômico Fabbrica, Rua Nelson Dimas de Oliveira, 11, bairro Lourdes, Caxias do Sul (RS)

Horários: de terça a domingo, das 14h às 19h

TremBão GastroBar, em Bento Gonçalves (RS)

trembao4

Pizza de pão de queijo com cogumelos. Foto: Kelly Pelisser

Fui conhecer o TremBão GastroBar, em Bento Gonçalves (RS). O restaurante abre de almoço a jantar, passando por café da tarde, de terças a domingos. Fica numa das casinhas da Estação Férrea, pertinho da Maria Fumaça, e oferece culinária mineira, com claro, um toque de Serra gaúcha. As escolhas não são obra do acaso e passam pela história do casal proprietário. O Rodrigo é de Bento Gonçalves e trabalha há muitos anos com gastronomia, em restaurantes onde era funcionário. O pai dele era ferroviário e a família morava na casa onde hoje é o gastrobar. A Nai é arquiteta de Minas Gerais. Assim, se misturaram os ingredientes para o TremBão.

trembao5

Linguiça mineira. Foto: Kelly Pelisser

A casa conta com três cardápios, um de almoço com pratos executivos que custam de R$ 24,90 (que leva chuleta e feijão) até R$ 36,90 (salmão com purê de batata baroa). A partir das 15h, entram em cena dois outros cardápios, um de lanches e outro à la carte. O de lanches tem pastéis, pão de queijo, canjica doce, sanduíche com pão ciabatta e torrada com pão caseiro, entre outras opções no balcão. No à la carte, destaque para os burgers com pão de queijo e as pizzas com massa de pão de queijo! Mas também tem petiscos como bolinho de feijoada, coxinha de pão de queijo, tábuas de carnes , escondidinhos, massas e sopa no pão (agora no inverno). As pizzas custam de R$ 36 a R$ 42. Os burgers de R$ 32 a R$ 36. Já as carnes saem por preços entre R$ 36 e R$ 46.

trembao2

Feijão tropeiro e couve com bacon. Foto: Kelly Pelisser

Fui convidada a conhecer as novidades da casa. E olha, veio muita comida! Ahah. Para começar, fomos recebidos com uma pizza de pão de queijo com cogumelos (muito excelente, mas que não está no cardápio, infelizmente). Mas pude perceber que realmente é muito boa e diferente a massa. Depois, vieram os pratos bem mineiros, o feijão tropeiro e linguiça. E o angu com queijo (semelhante à nossa polenta) e carne de lata (é literalmente uma carne conservada na lata, é lombo suíno na própria banha). Tudo muito delicioso! Amo feijão tropeiro e estava sensacional! A carne de lata é super macia! Os pratos vem acompanhados de couve com bacon e arroz e servem duas pessoas. O feijão com linguiça custa R$ 70 e o angu e a carne de lata, R$ 76.

trembao3

Angu com queijo e carne de lata. Foto: Kelly Pelisser

Como se não bastasse, ainda veio sobremesa! Daquelas de dar pena de comer de tão linda! Mas, comam porque é tão boa quanto bonita! Ahaha. Mousse de gianduia com recheio de frutas vermelhas e base de brownie: maravilhosa! Ah, claro, para a entrada, tem uma cachacinha (mineira ou da Serra gaúcha, conforme escolha) e, no final, um cafezinho mineiro. Outro destaque fica por conta da decoração da casa, com vários itens legais, entre eles, letreiros que formam frases na escada que dá acesso ao mezanino.

trembao1

Mousse de gianduia com recheio de frutas vermelhas e base de brownie. Foto: Kelly Pelisser

O TremBão é um lugar único, com uma culinária que não se encontra facilmente na Serra, com gosto de casa! Dá vontade de voltar muitas vezes, uai!

 

TremBão GastroBar

Onde fica: Rua Duque de Caxias, 122 (Estação férrea), Bento Gonçalves, RS

Horários: de terça a sábado, das 11h às 23h, e domingos, das 11h às 20h

Mais: Facebook do TremBão

Amada Cozinha, no Colavoro Sanvitto, em Caxias do Sul (RS)

Amada fica no Colavoro Sanvitto, prédio histórico super charmoso no centro de Caxias. Foto: Kelly Pelisser

A Amada Cozinha, de Caxias do Sul (RS), está de casa nova. E que linda casa! O restaurante do azeite agora fica no Colavoro Sanvitto, espaço que acabou de inaugurar em Caxias, no casarão rosa da Avenida Julio de Castilhos (na mesma quadra do shopping Prataviera, entre as ruas Garibaldi e Visconde de Pelotas). A casa, dos anos 1940, da família Sanvitto, por si só, já é uma atração. O lugar foi projetado pelo arquiteto Vitorino Zani, o mesmo da igreja de São Pelegrino. A mansão da família Sanvitto foi um dos únicos ou talvez o único prédio residencial desenhado por ele, conhecido pelas obras sacras.

O andar ao nível do chão da casa abriga um coworking. O andar superior é um espaço de exposição, onde é possível admirar o piso original da casa e uma escadaria linda! O último andar está fechado ao público. Já a Amada Cozinha fica no andar abaixo do nível da rua, que pode ser acessado através da porta principal do Colavoro e depois descendo uma escada, ou pela entrada do estacionamento, na lateral esquerda casa.

Uruguayo no almoço: assado de tira, farofa e legumes confit. Foto: Kelly Pelisser

O restaurante abre de segunda a sábado para almoço e também serve cafés e lanches para a tarde ou happy hour durante a semana. A decoração tem muito rosa – no mesmo tom da casa – e verde, em plantinhas. O local também conta com telas do artista Antônio Giacomin. A Amada – que antes ficava na Rua Os 18 do Forte – permanece com a mesma essência. É uma cozinha que preza ingredientes saudáveis e o capricho nos detalhes. Uma das vantagens do novo espaço é que é bem maior – o número de lugares dobrou – agora é possível ter 45 pessoas sentadas. O restaurante é tocado, com muito amor por mãe e filha, Maria Beatriz Dal Pont e Carolina Dal Pont Branchi. A Maria Beatriz é especialista em azeite de oliva, por isso, todos os pratos da casa são harmonizados com azeite (sim, há diferentes tipos e terroirs). A Amada também terá, uma vez por semana, noites de jazz, com funcionamento estendido até 22h. Ah, sim, repare que há um piano lá no canto.

No cardápio do almoço, que é servido entre 11h30min e 15h, há pratos executivos, sopas, saladas e opções kids. Os preços variam de R$ 22 a R$ 35. Os pratos para crianças custam R$ 15. Todos os dias, há sempre um prato do dia – algo especial, fora do cardápio.  Entre as opções do menu, há desde um PF (com arroz integral, feijão, ovo, picadinho de filé, couve refogada, farofa e banana) a filé, nhoque, polenta, risoto e massa de arroz. Para beber, há diversas opções de vinho e espumante (vendidos também em taça), sucos naturais, sodas italianas, cerveja artesanal, ou refrigerante e água. Se você já estiver de olho na sobremesa, há uma vitrine linda de doces, que normalmente, tem tarteletes e bolos entre as opções. Há também uma lista de cafés, incluindo alguns gelados. O cardápio das tardes, além dos doces, tem pão na chapa, crepioca, tapioca, tartine, hambúrger e omelete. Os preços variam de R$ 6 a R$ 27.

Eu almocei lá e pedi um Uruguayo. É um assado de tira, com legumes confit e farofa. Esse sai por R$ 32. Para beber, fui de suco verde, com abacaxi, couve, limão e menta, por R$ 8,50.

Tarteletes e um café latte uruguay, com doce de leite. Foto: Kelly Pelisser

Numa tarde, também tomei um café por lá. Minhas escolhas foram dois tarteletes, um de limão siciliano (amei muito!) e outro de chocolate meio amargo. Para acompanhar, fui de café latte uruguay, com espresso e e leite vaporizado cremoso, acompanhado de doce de leite para enfeitar a xícara. Esse café custa R$ 9. A conta do lanche deu R$ 23.

Nesse casarão histórico, que é um personagem do imaginário do caxiense por si só, a Amada ficou ainda mais gracinha. É aquele lugar que dá vontade de voltar sempre!

 

 

Amada Cozinha

Onde fica: Colavoro Sanvitto, Avenida Julio de Castilhos, 1989 (entre as ruas Garibaldi e Visconde de Pelotas), Centro, em Caxias do Sul (RS)

Horários: de segunda a sexta, das 10h às 19h, e aos sábados, das 10h às 15h30min

Mais: Facebook da Amada Cozinha

Quiero Café, em Caxias do Sul (RS)

Alfajor Supremo e Quiero Cookie com café. Foto: Kelly Pelisser

Inaugurou faz pouco o Quiero Café em Caxias do Sul (RS). É uma franquia, com lojas em outras cidades do Estado, que oferece um horário de atendimento e um cardápio bem amplos. A casa atende de segunda a sábado, das 8h às 23h, e domingos, das 16h às 22h. Com isso, oferece desde opções para café da manhã ou da tarde (com foco em cafés e docinhos, incluindo taças decoradas), almoço e happy hour. Os pratos quentes, inclusive, podem ser pedidos a qualquer hora. Ou seja, dá para almoçar em qualquer horário.

O cardápio tem cafés a partir de R$ 4,90. Aqueles mais incrementados, com chantilly e outros ingredientes, estão na faixa de R$ 11,90 a R$ 18,90. Destaco aqui dois que me chamaram a atenção: um café com alfajor (amo alfajor!) e um com stroopwafel (aquele biscoitinho holandês que eu adoro também). Para comer, tem medialunas, pão de queijo, tortas, brownie, açaís, salada de frutas, omelete, sanduíches, baguetes. As taças decoradas custam na faixa de R$ R$ 21,90 a R$ 29,90. Para almoçar, tem opções com carne ou peixes, acompanhadas de arroz (inclusive integral), legumes, batatas, ou massa, por preços entre R$ 21,90 a R$ 44,90. Na hora do almoço, o cafezinho sai por conta da casa. Também tem saladas, onde dá para acrescentar frango, tilápia, filé ou salmão.

Para o happy hour, tem polenta frita, batatas com misturas, coxinha da asa de frango frita, entre outras opções. O preço varia de R$ 21 a R$ 58. Para beber, tem cervejas, sucos, espumantes e vinho (inclusive em taça). Os drinks estão na faixa de R$ 16 a R$ 22.

Eu fui conhecer o café de tarde, então, acabei optando por um Alfajor Supremo, que vem com um alfajor aquecido partido ao meio, servido com doce de leite ou Nutella (eu escolhi o doce de leite) mais calda de chocolate e Ovomaltine. Esse custa R$ 14,50. Para beber, eu escolhi um dos cafés diferentes, o Quiero Cookie, que é um biscoito em forma de copinho. Dá para pegar também com capppuccino ou chocolate quente. Eu peguei com expresso. E, claro, você come o biscoito-copo no final. Custa R$ 9,50. Bem bonitinhos e gostosos. A minha conta deu R$ 24. O lugar é agradável e tem um cardápio tão grande que só voltando muitas vezes para conhecer tudo – ou pelo menos, parte do que a casa oferece.

 

 

Quiero Café, em Caxias do Sul (RS)

Onde fica: Avenida Independência, 2423 (quase em frente ao Quinta Estação), Caxias do Sul (RS)

Horários: de segunda a sábado, das 8h às 23h e domingos, das 16h às 22h

Mais: Facebook do Quiero Café

Divina Terra, em Caxias do Sul (RS)

Quiche de cogumelos e suco pink. Foto: Kelly Pelisser

Fui conhecer a loja e café da Divina Terra, em Caxias do Sul (RS). É uma rede com lojas em outros lugares do país que oferece produtos saudáveis e suplementos. Na parte da frente do estabelecimento, que fica no bairro São Pelegrino, tem uma loja com uma ampla variedade de produtos, temperos, chás, itens a granel, lanchinhos saudáveis já prontos, massas e preparações para fazer em casa, whey protein, etc. Também há itens para dietas restritivas, sem glúten e sem lactose. A loja me impressionou pela variedade oferecida.

Aos fundos, fica um café super fofo, decorado com plantinhas. O cardápio conta com cafés (incluindo um passado orgânico), sucos funcionais (que misturam frutas diversas e até água de coco), smoothies, bolos e salgados, como esfirra, calzone e quiche e mais omeletes. Vários dos itens não têm glúten nem lactose.

Os sucos custam de R$ 11 a R$ 15 e vem com ingredientes como manga, gengibre e açaí. Pode ser adicionado a eles whey proteín ou proteína vegana. Já os smoothies são feitos com leite de amêndoas. Esses saem por entre R$ 15 e R$ 19. Os salgados estão na faixa de R$ 5,50 a R$ 15. Os omeletes podem ser simples ou com recheio. No segundo caso, dá para escolher três opções de recheio (tomates picados, abobrinha em cubinhos, cenoura ralada, pesto de manjericão, queijo vegano, mussarela ou ricota fresca, ou manjericão fresco) e mais uma finalização (orégano, semente de abóbora, semente de girassol ou semente de gergelim). Os omeletes desse tipo custam R$ 17.

Eu escolhi o suco pink, com framboesa, limão, gengibre e água de coco. Ele custa R$ 15. Também peguei um quiche de cogumelo, que sai por R$ 12. Ou seja, total do lanche, R$ 27. Veio rapidinho e com o prato enfeitado com flores e trevinhos. O copo do suco é acompanhado por um canudo de metal. Achei tudo muito amor! O suco e o quiche, realmente, estavam muito, muito gostosos mesmo! Sabe quando dá gosto mesmo de comer saudável? Achei demais a ideia do café, de poder fazer um lanche com bons produtos e ainda poder fazer umas comprinhas de itens para levar para casa. Pretendo voltar mais vezes.

 

Divina Terra

Onde fica: Rua Feijó Jr, 317, loja 4 (entre as ruas 20 de Setembro e Ernesto Alves), bairro São Pelegrino, Caxias do Sul (RS)

Horários: de segunda à sexta, das 10h às 19h, e sábados, das 10h às 18h

Mais: Facebook da Divina Terra

Irene no Céu Café & Bom Humor, em Caxias do Sul (RS)

Fitinhas coloridas no portão de entrada. Foto: Kelly Pelisser

Fui conhecer o Irene no Céu Café & Bom Humor, em Caxias do Sul (RS). Como o nome já entrega, o lugar é super querido, diferentão, colorido e bem humorado. O café fica em uma casa na Rua La Salle, nas proximidades da Avenida Itália, no bairro São Pelegrino. Já no portão, fitinhas coloridas com frases positivas convidam a entrar e deixar seu dia mais leve. Por todo canto da casa estão espalhados objetos com muita cor e com propostas inusitadas, como um tênis velho que serve de floreira. As cadeiras são de padrões diversos e pequenas “sportas” (as cestas de palha) são suporte para os saquinhos de açúcar (aliás, tem açúcar mascavo e açúcar orgânico). E, aos fundos da casa, funciona o Instituto Cultural Taru, que promove oficinas, exibição de filmes, cursos, reiki, entre outras atividades. Algumas são gratuitas e outras pagas. A programação mensal está disponível nas mesas do café.

Café é todo colorido e diferentão. Foto: Kelly Pelisser

O cardápio do Irene traz como capa uma ilustração e o poema Irene no Céu, de Manuel Bandeira (pegou o nome da casa agora?). As opções são todas vegetarianas, algumas veganas. O café é orgânico. E os bolos têm cara daqueles de casa de vó. Tem desde o tradicional expresso (por R$ 4) até moccacino (R$ 12). Ah, no cappuccino, dá para incluir paçoca (gente!), doce de leite ou avelã. Os salgados incluem empadas, tortinhas, hambúrgueres (de soja), sanduíches, e pão de queijo (que pode ser multigrãos ou recheado). Veganos, tem sanduíche, hambúrguer, pastel integral e torta flocada. Ah, também tem uma empada e um quiche sem glúten e sem lactose. Os salgados estão na faixa de R$ 6 a R$ 18. Entre as opções doces, tem o bolo Irene no Céu (de fubá com goiabada, que custa R$ 7 a fatia), cheescake, brownie, petit gateau, palha italiana, quindim, entre outras opções.

Apfstrudel e café orgânico com cascas de laranja. Foto: Kelly Pelisser

Eu escolhi um apfstrudel (R$ 8) e mais um expresso duplo (R$ 6,50). O doce foi aquecido e estava bem gostosinho. O café veio com casquinhas de laranja (achei um amor isso!). A casa, aliás, é toda amorzinho, cor e humor, que convida a voltar mais vezes! ❤

 

 

Irene no Céu Café & Bom Humor

Onde fica: Rua La Salle, 933, bairro São Pelegrino, Caxias do Sul (RS)

Horários: de terça a sábado, das 10h às 20h30min

Mais: Facebook do Irene no Céu Café & Bom Humor

Bruce Café, em Caxias do Sul (RS)

Torrada simples, cappuccino e sonho com mumu no Bruce Café, em Caxias. Foto: Kelly Pelisser

Eu já tinha feito um post sobre o Bruce Burger, que fica no Centro de Caxias do Sul (RS), mas agora fui conhecer o “irmãozinho” dele, o Bruce Café, localizado no edifício City Life, no bairro São Pelegrino. O café também conta com os burgers já conhecidos do Bruce, mas também tem muitas opções de lanches rápidos, cafés e chocolate quente.

O Bruce Café fica no térreo do prédio e pode ser acessado contornando os elevadores, sem passar pela identificação na recepção e catracas. O sistema é o mesmo da outra casa: você pede e paga no caixa, e depois retira seu pedido no balcão, ao ser chamado pelo número num display. O cardápio tem várias opções de burgers, com valores entre R$ 9,90 (pão brioche, um hambúrguer de 120gr e queijo cheddar) até R$ 25,90 (com dois hambúrgueres e seis fatias de queijo e de bacon). Também tem uma opção vegetariana, com cogumelos, e combos, com batata frita e refrigerante. O cardápio tem ainda saladas, milkshakes, café, quentão e chocolate quente. Para o lanche, tem sonho com doce de leite ou Nutella, donuts, brownie, pão de queijo, fatias de torta e de cheesecake, salgados e torradas.

Eu escolhi uma torrada simples, com manteiga, presunto e queijo (que custa R$ 6,9), um cappucino, que sai por R$ 9,90, e mais um sonho com Mumu (é assim que está no cardápio. Hehe. Esse custa R$ 5,90). A minha conta deu R$ 22,70. O chamado para pegar o pedido veio rapidinho. Tem algumas mesas perto do balcão e outras num patamar mais alto, com vista para a entrada do prédio. O ambiente é agradável, e bem clean (no estilo de cafés desse prédios com médicos, profissionais liberais e escritórios). É uma opção para tomar um café ou comer um burger do Bruce, se estiver passando por essa região da cidade.

 

 

Bruce Café

Onde fica: Rua Bento Gonçalves, 2650 (Edifício City Life), bairro São Pelegrino, Caxias do Sul (RS)

Horários: de segunda à sexta, das 8h30min às 21h (a cozinha encerra às 20h)

Mais: Facebook do Bruce Café

 

Liz Café, em Caxias do Sul, RS

Piadina de parma e cappuccino. Foto: Kelly Pelisser

Fui conhecer o Liz Café, que agora está em novo endereço em Caxias do Sul, RS. A casa reabriu no começo do mês de junho na Avenida Júlio de Castilhos, bem no centro, entre a Marquês do Herval e a Borges de Medeiros. Como o endereço é super central, o café é bem movimentado. A sala é estreitinha, mas bem comprida, e o espaço super bem aproveitado, com muitas mesas. Algumas são no estilo sofá com almofadinhas, outras com cadeiras, e há ainda uma bancada contra a parede para quem está sozinho.

O cardápio conta com tortas, doces, salgados, cafés, esse basicão super gostoso. Mas o carro-chefe e diferencial da casa são as piadinas, aquele pão italiano fininho (estilo pão de wrap). Piadina de filé, de frango, de parma e integral com legumes são algumas das opções.

Eu escolhi uma piadina de presunto parma, com queijo e figos, acompanhado de um cappuccino com chantilly. As piadinas já estão prontas no balcão e são aquecidas quando você as escolhe. Ah, sim, você pede no balcão e levam na sua mesa. O café veio com muuuito chantilly (daquele bem firme) e com uma caldinha de caramelo por cima. Tudo muito gostoso. A piadina é bem grandinha e serve bem para matar a fome. O cappuccino saiu por R$ 11 e a piadina por R$ 17. Total da minha conta: R$ 28. O Liz Café é uma ótima opção para o lanche quando você estiver pelo Centro. Comida gostosa e ambiente agradável, que tanto serve para quem está com pressa como para quem quer bater um papo com amigos.

 

Liz Café

Onde fica: Avenida Julio de Castilhos, 1624 (entre as ruas Marquês do Herval e Borges de Medeiros), Centro, Caxias do Sul, RS

Horários: de segunda a sexta, das 7h às 20h, sábado, das 7h30min às 17h

Mais: Facebook do Liz Café

Café Giardino, em Caxias do Sul (RS)

Fofo de chocolate com morangos e chantilly, acompanhado de cappucino. Foto: Kelly Pelisser

Conheci o Café Giardino, que fica em uma casa na Avenida Júlio de Castilhos, em Caxias do Sul (RS), entre os bairros Centro e Lourdes. O cardápio do lugar tem basicamente uma iguaria exclusiva da casa: os fofos. São massinhas aeradas, sem gordura, assadas. Elas são como um pãozinho redondo. Você pode escolher a cobertura doce ou salgada. O cardápio conta ainda com drinks e cafés.

Dentre os fofos salgados, há opções com queijo, frango, catupiry, pesto… Já os doces podem vir com banana, chocolate, doce de leite… Eu escolhi um fofo doce, de chocolate, morangos e chantilly. Esse custa R$ 20. Os itens escolhidos vem na cobertura do fofo, que não tem recheio. A massinha lembra algo entre um sonho e um pãozinho doce. É realmente bem fofinha. Eu escolhi para acompanhar um cappuccino, que saiu por R$ 8,50. Total da conta: R$ 28,50, então. A maioria dos fofos está na faixa de R$ 15 a R$ 30. Tem a opção de pegar cinco mini fofos também.

O lugar tem lareira, que é acesa nesses dias frios. E também tem um pátio externo, com mesas e cadeiras, que pode ser aproveitado nos dias de sol. Ah, o lugar é pet friendly. Cães pequenos podem ficar no interior da casa. Mas os maiores só no pátio.

O fofo é bem gostosinho e, para mim, lembra algo de infância, de comer pãozinho feito na hora, em tamanho adaptado para as crianças. Fiquei com vontade de voltar para conhecer os fofos salgados.

 

 

Café Giardino

Onde: Avenida Júlio de Castilhos, 1011 (entre as ruas Andrade Neve e Vereador Mário Pezzi), Centro, Caxias do Sul, RS

Horários: de segunda a sábado, das 15h às 21h.

Mais: Facebook do Café Giardino

Café colonial na Divino Aroma Cafeteria, em Caxias do Sul (RS)

A mesa de café colonial da Divino Aroma Cafeteria. Foto: Kelly Pelisser

Abriu há pouco em Caxias do Sul (RS) a Divino Aroma Cafeteria. A casa, localizada na Avenida Julio de Castilhos, no bairro São Pelegrino, oferece os itens tradicionais para um café da tarde todos os dias da semana, mas, aos sábados e domingos, o grande diferencial, é uma super mesa de café colonial! Eu fui conhecer o lugar e, óbvio, provar o café para contar tudinho para vocês.

O cardápio tradicional é oferecido todos os dias e conta com uma grande variedade de tortas e cheescakes, que podem ser adquiridas inteiras ou por fatia. O pedaço custa de R$ 8 a R$ 11. Também tem quiches, torta fria, wraps e croissants. Dá para pedir crepioca ou tapioca (R$ 13) ou wafles (R$ 15) e escolher três sabores para recheio ou cobertura. Para uma refeição mais reforçada, as opções são sopas, lasanhas e cremes. O cardápio conta ainda com milkshakes, chocolates quentes, cafés especiais e taças daquelas incrementadas.

Bom, mas vamos ao que interessa, o café colonial. Ele é servido aos sábados das 10h às 20h e aos domingos das 15h às 19h. Uma grande mesa é montada no centro da loja, onde ficam os produtos. A pessoa que opta pelo café levanta e se serve à vontade, quantas vezes quiser. O preço é R$ 35 por pessoa. No mesão, estão oito tipos de biscoitos, bolos variados, cuca, mini quiches, pão de queijo, torta fria, mini assados e folhados, pães diversos, frios, salada de frutas, cereais e iogurte. Para beber, tem café, leite, suco de laranja natural, chá e chocolate quente. Eu fiz três rodadas e não consegui comer uma coisa de cada! Acho bem difícil conseguir isso. Os biscoitinhos e bolos são bem gostosos! Acompanhados de café são uma delícia! Não gostei tanto do chocolate quente, mas ok. Só senti falta de ter plaquinhas informando o que são cada um dos itens do café, porque nem sempre dá para saber só de olhar.

Fui num sábado à tarde e já aviso: é bem lotado! Dependendo, você tem que esperar por mesa. Caso estiver sozinho, dá para sentar numa bancadinha. Achei que o café vale bem a pena. São itens básicos, mas bem gostosos. Aliás, gostei tanto do lugar que voltei na segunda-feira seguinte para provar um sanduíche aquecido de pão de forma de frango com batata palha, um café Sensação (com chocolate, calda de morango e chantilly) e uma fatia de torta de maçã (tá achando que sou fraca? Ahah). Gostei de tudo de novo. A conta nesse dia deu R$ 28 (R$ 9 do sanduíche, R$ 11 do café e R$ 8 da torta). Pretendo voltar outras vezes para provar mais coisas do cardápio.

 

Divino Aroma Cafeteria

Onde fica: Avenida Julio de Castilhos, 2713 (entre as ruas Feijó Jr e La Salle), bairro São Pelegrino, Caxias do Sul (RS)

Horários: de segunda à sábado, das 8h às 20h, domingos, das 15h às 19h.

Mais informações: Facebook da Divino Aroma Cafeteria