Restaurantes abertos no Natal, Ano Novo e últimas semanas de dezembro em Caxias do Sul e Bento Gonçalves

day-1891529_640

Nessas últimas semanas de dezembro, sempre fica a dúvida se o restaurante que você costuma frequentar estará aberto ou não. As duas listas abaixo foram elaboradas pelo Sindicato Empresarial da Gastronomia e Hotelaria da Região Uva e Vinho (Segh) com informações sobre horários de restaurantes em Caxias do Sul e Bento Gonçalves no Natal, Ano Novo e últimas semanas de dezembro. Alguns abrem todos os dias, outros terão horários especiais, outros ainda estarão fechados.

Confira:

caxias-do-sul-restaurantes-em-dezembro

bento-goncalves-restaurantes-dezembro

Novo cardápio do Amora Sabores Especiais, em Bento Gonçalves (RS)

Waffle da Casa, de frutas vermelhas, no novo cardápio do Amora. Foto: Kelly Pelisser

Waffle da Casa, de frutas vermelhas, no novo cardápio do Amora. Foto: Kelly Pelisser

O Amora Sabores Especiais é uma casa super querida de Bento Gonçalves (RS), que já ganhou post aqui no blog. Mas agora, com novidades no cardápio e horário estendido até 23h, além de almoço saudável nas quintas e sábados, achei que valia um novo post. Desde que o cardápio novo estreou, fiquei louca para conhecer depois de ter visto a foto dos waffles integrais lindíssimos! Ah, sim, para quem não conhece a filosofia da casa, tudo é natural, orgânico, saudável, sem lactose e alguns itens sem glúten.

Brownie integral do Amora. Foto: Kelly Pelisser

Brownie integral do Amora. Foto: Kelly Pelisser

 

Eu amo o naked cake de frutas vermelhas de lá! Agora, tem também o naked cake de copinho (fiquei curiosa pra experimentar). Bom, vamos ao que interessa, fui lá especialmente para provar o waffle. Tem de morango moreno (com ganache de chocolate meio amargo e morangos), de maçã com canela, da casa (de frutas vermelhas) e de alfarroba com banana. Fiquei em dúvida entre o de morango e o da casa. Ok, também considerei o de maçã com canela. Ahaha. Mas acabei optando pelo de frutas vermelhas, que leva calda mais morangos, mirtilo e amoras. Também peguei um suchá rosa, outra novidade, mistura de chá gelado com suco de frutas. Esse que eu escolhi leva chá de hibisco, framboesa, morango e hortelã. O waffle leva uns 20 minutos para ficar pronto (o cardápio já avisa os tempos de preparo). Também dá para escolher uma bola de sorvete para acompanhar o waffle. Mas achei que era melhor não. Ahahah. O waffle chegou bem lindo e quentinho. A textura é bem diferente dos waffles tradicionais. Esse, que é integral, parece mais “aerado”. A massa também tem um gosto diferente. A calda de frutas vermelhas não é doce. Tem gosto mais de fruta mesmo. O chá gelado, na verdade, lembra suco de polpa, congelado. O sabor do suco é bem mais proeminente do que do chá. Não contente com o waffle, quis provar um brownie integral. Eles decoram a fatia e aquecem. Não tem exatamente o mesmo gosto de brownie tradicional, mas é bem gostostinho, e o melhor: dá para comer sem peso na consciência.  Do waffle, do suchá e do brownie, paguei R$ 36,8.

Nunca almocei por lá, mas nas quintas e sábados, eles abrem mais cedo e oferecem um cardápio fixo, que varia conforme o dia.

 

Amora Sabores Especiais

Onde: Avenida Planalto, 816, (nas proximidades da Apae), Bento Gonçalves, RS

Horários: de segunda a sexta, das 15h às 23h. Nas quintas, para almoço, das 11h45min às 14h. Aos sábados, das 11h45min às 19h (também com almoço até 14h).

Mais informações: Facebook ou Instagram

 

 

Reinauguração da Casa DiPaolo, de Garibaldi (RS)

 

Restaurante fica junto ao Castelo Benvenutti. Foto: Casa DiPaolo, divulgação

Restaurante fica junto ao Castelo Benvenutti. Foto: Casa DiPaolo, divulgação

Depois de ficar uns dias fechado para reformas, o restaurante da Casa DiPaolo de Garibaldi, localizado na BR-470, no caminho para Bento Gonçalves, será reaberto ao público nesta quarta-feira, dia 12 de outubro. Ao lado do Castelo Benvenutti, esse foi o primeiro restaurante do grupo, que hoje já conta com operações em sete cidades. Essa foi a primeira reforma tão ampla do empreendimento, que ganhou uma nova parte aos fundos, com parede de vidro que permite ver o pomar da casa, espaço kids maior, banheiros mais amplos e uma adega climatizada. Fui conhecer as novidades nesta terça-feira, num evento para convidados, e achei bem lindo, especialmente, a parede de vidro que está em dois ambientes e permite ver as árvores ao fundo do terreno.

Um das novidades é essa parede em vidro que permite ver o pomar aos fundos do terreno. Foto: Kelly Pelisser

Um das novidades é essa parede em vidro que permite ver o pomar aos fundos do terreno. Foto: Kelly Pelisser

O restaurante tem quase 500 metros quadrados, que abrigam até 126 pessoas simultaneamente. O objetivo da reforma foi dar mais espaço para as crianças, que agora tem um parte com mesinhas, cadeiras, brinquedos e uma parede com quadro de giz. Também há fraldário e banheiros com acessibilidade melhor. Todo o ambiente recebeu tratamento acústico, o que reduzirá o nível de ruído.

Espaço kids da Casa DiPaolo de Garibaldi também foi reformado. Foto: Kelly Pelisser

Espaço kids da Casa DiPaolo de Garibaldi também foi reformado. Foto: Kelly Pelisser

O cardápio mais tradicional do grupo DiPaolo é aquele com sopa de capeletti, galeto, massa, polenta frita e brustolada, o queijo frito divino, saladas, incluindo aquela ótima de radicci com bacon (daquele radicci novinho, pequeninho, bem macio). De sobremesa, dá para escolher entre sagu com creme, pudim ou ambrosia. Eu me apaixonei por um espumante nature branco da casa com a marca Paulo Geremia, nome do dono do grupo DiPaolo, produzido pela Vinícola Ópera Viva. Tanto os vinhedos quanto a vinificação ficam em Recanto Maestro, distrito de São João do Polêsine, na região Central do Estado, lá para as bandas de Santa Maria. O aroma e o sabor são realmente únicos.

Esse espumante branco nature com a marca Paulo Gerermia é muito bom! Foto: Kelly Pelisser

Esse espumante branco nature com a marca Paulo Gerermia é muito bom! Foto: Kelly Pelisser

Atualmente, o Grupo DiPaolo é formado por sete marcas e possui operações em Garibaldi, Bento Gonçalves, Gramado, Caxias do Sul, Porto Alegre e Santa Maria, no Rio Grande do Sul, além de Itapema, em Santa Catarina.

Cardápio do DiPaolo tem a tradicional sopa de capeletti. Foto: Kelly Pelisser

Cardápio do DiPaolo tem a tradicional sopa de capeletti. Foto: Kelly Pelisser

Polenta frita e brustolada, galeto, salada de radicci com bacon, queijo frito: ai, meu Deus! Foto: Kelly Pelisser

Polenta frita e brustolada, galeto, salada de radicci com bacon, queijo frito: ai, meu Deus! Foto: Kelly Pelisser

Sagu com creme de sobremesa no DiPaolo. Foto: Kelly Pelisser

Sagu com creme de sobremesa no DiPaolo. Foto: Kelly Pelisser

 

Casa DiPaolo Garibaldi

Onde: Rodovia BR-470, Km 221,6, Castello Benvenutti, entre Garibaldi e Bento Gonçalves

Horários: diariamente, das 11h30min às 15h, e, de segunda a sábado, das 19h às 23h

Mais: site e Facebook

 

 

Vinhos mais representativos da safra 2016 serão conhecidos sábado

Avaliação reúne amostras mais significativas da produção brasileira. Foto: Jeferson Soldi, divulgação

Avaliação reúne amostras mais significativas da produção brasileira. Foto: Jeferson Soldi, divulgação

A maior avaliação de vinhos do país ocorre neste sábado, dia 24, em Bento Gonçalves. A 24ª Avaliação Nacional de VinhosSafra 2016 reunirá 850 participantes entre especialistas, enófilos e jornalistas do Brasil e do exterior. Eu já foi em outros anos e digo: é realmente muita gente! E só não é maior por questão de espaço, as vagas são limitadas. O público pode provar, em primeira mão, as amostras mais significativas da safra deste ano. Claro que muitos dos produtos ainda não estão prontos para o consumidor final, mas, se pode ter uma ideia bem clara de como serão os produtos daquele ano, porque cada safra tem as suas particularidades. Deste ano, o que já adiantei com a diretoria da Associação Brasileira de Enologia (ABE), que promove o evento, é que a grande quebra na produção de uvas em função do clima ocasionou a redução da produção (inclusive das amostras inscritas em relação ao ano passado) mas não prejudicou a qualidade.

Às cegas, serão degustadas e comentadas 16 amostras selecionadas entre as 30% mais representativas das 241 inscritas por vinícolas de cinco estados brasileiros. O evento ocorre a partir das 9h deste sábado, no Pavilhão E do Parque de Eventos de Bento Gonçalves. Todos os participantes degustam as amostras. E há um painel com 16 pessoas que tecem comentários. Um deles é sorteado entre o público, além de 15 convidados pela ABE, entre eles o Enólogo do Ano 2015, Christian Bernardi, e o ator Thiago Rodrigues, que gosta de vinhos e já gravou o piloto de um programa para TV fechada sobre o tema na Serra. Os participantes também poderão validar suas avaliações por meio de um sistema totalmente digital. Desse modo, a mediana do público será conhecida durante as degustações, ampliando a participação dos apreciadores de vinho.

Avaliação Nacional de Vinho reúne 850 pessoas de vários países. Foto: Jeferson Soldi, divulgação

Avaliação Nacional de Vinho reúne 850 pessoas de vários países. Foto: Jeferson Soldi, divulgação

O caminho até esse dia da Avaliação é longo. Nesta edição, 15 profissionais estiveram envolvidos na coleta das amostras, realizada de 18 de julho a 3 de agosto sob a coordenação técnica da Embrapa Uva e Vinho. As equipes foram até 46 vinícolas localizadas na Bahia, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo e recolheram nove garrafas de cada amostra inscrita na Avaliação, totalizando 2.169 exemplares sem rótulo ou marca que identificasse a empresa participante. Esse sigilo é mantido durante as degustações pelo público, que só conhecerá o nome e a origem dos vinhos ao final do evento.

No evento, também há a entrega do troféu Vitis, que homenageia pessoas ligadas à promoção do vinho brasileiro. São duas categorias: Destaque Enológico e Amigo do Vinho.

 

COMENTARISTAS

  1. Aldemir Dadalt – sommelier e empresário (Brasil)
  2. Baudouin Havaux – jornalista (Bélgica)
  3. Christian Bernardi – Enólogo do Ano 2015 (Brasil)
  4. Cristián Aliaga – enólogo (Chile)
  5. Diego Arrebola – sommelier (Brasil)
  6. Guilherme Velloso – jornalista (Brasil)
  7. Juan Carlos Rincón – jornalista (Reino Unido)
  8. Liana Sabo – jornalista (Brasil)
  9. Marcelo Copello – jornalista (Brasil)
  10. Pascal Marty – enólogo (França)
  11. Petrus Elesbão – organizador Vinum Brasilis (Brasil)
  12. Rebecca Murphy – jornalista (USA)
  13. Stavroula Liapi – enóloga (Grécia)
  14. Thiago Rodrigues – ator (Brasil)
  15. Túlio Dek – músico (Brasil)

Pizza e cerveja: Nella Pietra Farmhouse Ale Cerveja Artesanal, de Caxias do Sul

A cerveja Nella Pietra Farmhouse Ale com o malte de cevada e o lúpulo. Foto: Kelly Pelisser

A cerveja Nella Pietra Farmhouse Ale com o malte de cevada e o lúpulo. Foto: Kelly Pelisser

Pizza e cerveja super combinam, né, gente? Essa mistura boa ganhou ainda mais força na Nella Pietra Pizza, que é uma pizzaria que eu adoro com sede em Caxias do Sul e filiais pelo Estado! Eles se uniram à Cervejaria Imaculada, também de Caxias, para lançar uma cerveja maravilhosa: a Nella Pietra Farmhouse Ale Cerveja Artesanal. De origem belga, leve, tem aromas de alecrim, gengibre e coentro. A ideia é de fazenda mesmo, algo rústico. Tem uma cor linda, um pouco âmbar. Amei a cerveja (e olha que quem me conhece sabe que sou mais do vinho)!

A parceria das duas empresas remonta os primórdios da Imaculada. A primeira cerveja feita pela marca foi justamente para a Nella Pietra, a pedido de um dos sócios da pizzaria, o sommelier Fabio Centenaro. Aí o negócio de cervejas artesanais só cresceu no Brasil e, com isso, impulsionou também a Imaculada. Hoje, a marca tem 12 rótulos, que chegam a vários Estados do Brasil. E já coleciona prêmios importantes. Recentemente, a Apa, a American Pale Ale, deles conquistou medalha de ouro na South Beer Coup, que é tipo uma Libertadores da América da cerveja.

Morri com essa pizza de lagostim da Nella Pietra! Mas, cerveja pode combinar com qualquer tipo de pizza. Foto: Kelly Pelisser

Morri com essa pizza de lagostim da Nella Pietra! Mas, cerveja pode combinar com qualquer tipo de pizza. Foto: Kelly Pelisser

Eu provei a Nella Pietra Farmhouse Ale num evento super bacana, só para mulheres, de lançamento da cerveja. Primeiro, visitamos a cervejaria Imaculada (que, aliás, está preparando um bar na fábrica deles na Rua Guido Schio, e também abrirá o espaço em meio à produção para eventos). Depois, fomos até a Nella Pietra para provar as pizzas harmonizadas com cerveja. Foi uma sequência muito legal e que combinou muito bem! Destaque para a pizza de lagostim, que eu amei demais! E também para como a cerveja da Nella Pietra pode harmonizar muito bem com pizzas doces (assim, como ela também faz com as salgadas)! Ah, outra coisa que aprendi nesse dia: para apreciar os aromas da cerveja devidamente, ela não deve estar muito gelada. O ideal para as artesanais, dependendo do tipo, é entre 2°C e 6°C. No geral, dá para dizer que, quanto maior a graduação alcoólica, mais “quente” deve estar. A cerveja muito gelada faz com que as papilas gustativas se fechem, o que significa que você não poderá aproveitar todas as sensações e sabores que ela pode provocar. Mais ou menos como funciona para a degustação de vinhos.

Olha que gracinha que é o rótulo da cerveja Nella Pietra Farmhouse. E ainda ganhamos um pão de cerveja, feito pela Charlie Bakery. Foto: Kelly Pelisser

Olha que gracinha que é o rótulo da cerveja Nella Pietra Farmhouse. E ainda ganhamos um pão de cerveja, feito pela Charlie Bakery. Foto: Kelly Pelisser

Já deve ter ficado com vontade de provar a cerveja, né? Bom, só passando na Nella Pietra Pizza, porque ela é exclusiva para a pizzaria. Mas, claro, isso não vai ser nenhum problema, porque pizza e cerveja super combinam. O preço dessa belezinha, que vem em garrafa de 500 ml: R$ 22. Ah, a graduação alcoólica é 5%. Recomendo demais!

 

Nella Pietra Pizza

Onde: Avenida Rubem Bento Alves, 4575, bairro São José, Caxias do Sul, RS

Horários: Em Caxias, de segunda a domingo, das 19h às 23h30min.

Mais: site e Facebook

 

Cervejaria Imaculada

Onde: Rua Guido Schio, 116, Caxias do Sul, RS

MaisSite e Facebook 

 

Encontro de Carros Antigos do Sierra Burger, em Bento Gonçalves (RS)

Foto: Sierra Burger, divulgação

Foto: Sierra Burger, divulgação

A gente já falou aqui no blog do Sierra Burger, em Bento Gonçalves, que reúne gastronomia com a paixão dos proprietários, carros antigos. Pois bem, um evento neste domingo, dia 11 de setembro, vai reforçar esse laço. A segunda edição do Encontro de Carros Antigos do Sierra Burger começa às 15h. Os veículos ficarão nos arredores da hamburgueria, na Avenida Planalto, no bairro São Bento (nas proximidades da igreja em forma de pipa, em frente à Apae). E claro, vai ter bebida e comida também: o público terá à disposição seis torneiras de chopp e burguers, acompanhados de música, com clássicos discotecados de blues e rock. A entrada é franca.

Quem quiser conferir mais sobre o Sierra Burger, é só acessar o post do blog. No cardápio deles, estão pratos comerciais como entrecot, picanha e bauru, mas o destaque é para os hambúrgueres preparados lá mesmo ao estilo americano.

Lucindo Junior Café e Doceria, em Bento Gonçalves (RS)

 

Wrap de carne seca e tortinha de mousse. Foto: Kelly Pelisser

Wrap de carne seca e tortinha de mousse. Foto: Kelly Pelisser

Lucindo Junior é um café e doceria novo em Bento Gonçalves. O lugar é super simpático, num chalé de madeira com um gramado com mesinhas do lado de fora. Fica perto do antigo Imec, nas imediações do Shopping L’Ámerica. Com uma decoração retrô, o ambiente é bem simpático e os atendentes são muito atenciosos. Tem doces e salgados para fazer um lanche e, nos sábados e domingos tem horário bem estendido, das 9h às 21h.

O lugar oferece wraps, sanduíches, quiches, tortas, mousses, sobremesas em taças, entre outras delícias. Achei bem lindinha uma sobremesa com morangos, bolo e frutas vermelhas, mas, como tem nata (e eu não gosto. Uma das poucas coisas na vida que não gosto), achei melhor não provar. Escolhi um wrap de carne seca, que leva também creme de abóbora e rúcula, acompanhado de uma tortinha de mousse de chocolates branco e preto. Mais um suco de laranja porque estava calor (suco só tem de laranja ou uva integral). O wrap custa R$ 7 e a torta, R$ 15. Contando também o suco, a conta saiu por R$ 27.

Ambiente é bem simpático. Foto: Kelly Pelisser

Ambiente é bem simpático. Foto: Kelly Pelisser

Fiquei com vontade de voltar. A salada de frutas tava com uma cara ótima e tinha também um sanduíche com presunto parma, damascos e nozes que parecia muito bom. Achei legal que o lavabo é unissex e tem trocador de fraldas e que, na área externa, tem umas mesinhas para crianças brincarem também. Ah, o chalé tem um segundo andar, com mesas lá em cima também.

 

 

Lucindo Junior Café e Doceria

Onde: Rua Olavo Bilac, 600, Bento Gonçalves, RS

Horários: de terças a sextas, das 14h às 21h, aos sábados e domingos, das 9h às 21h.

Mais: Facebook

 

Sierra Burguer, em Bento Gonçalves (RS)

Sierra Burguer com fritas. Foto: Kelly Pelisser

Sierra Burguer com fritas. Foto: Kelly Pelisser

O Sierra Burguer é uma casa em Bento Gonçalves (RS) com decoração inspirada no setor automotivo, paixão dos proprietários, que tem como carro-chefe os hambúrgueres no estilo americano. O lugar funciona para almoço e jantar num dos endereços nobres de Bento, a Avenida Planalto. Há opções de hambúrgueres com cheddar, provolone, frango e bacon. Também é possível adicionar itens por preços entre R$ 2 e R$ 3. Os burguers custam entre R$ 22 e R$ 27. Com batatas fritas, o preço sobe R$ 3. O cardápio tem ainda bauru no prato, filé a parmegiana e pratos comerciais, além de porções como aipim frito, anéis de cebola e polenta frita. Os filés saem por valores entre R$ 24 e R$ 29, também com a possiblidade de adicionar fritas ou outro acompanhamento. Os pratos comerciais saem por entre R$ 22 e R$ 26. Para beber, a casa oferece água, refrigerante, suco de uva, whisky, vinho, cervejas comerciais e artesanais.

sierra b

Espaço tem decoração inspirada no setor automotivo. Foto: divulgação

Eu escolhi um hambúrguer que leva o nome da casa, com pão, hambúrguer, pasta de gorgonzola, mussarela, cebola caramelizada no shoyo, tomate e alface, acompanhado de fritas. Já tinham me falado muito bem dos hambúrgueres de lá e, realmente, são bem bons. Para quem quiser dar uma equilibrada, tem um buffet de saladas, onde os clientes podem se servir. Logo, eles irão incluir no cardápio ribs (a costelinha) e T-bones (uma bisteca, um chuletão). Fui numa terça à noite e estava bem cheio. O lugar é movimentado, mas o pedido chega rápido.

 

Sierra Burguer

Onde: Avenida Planalto, 883, Bento Gonçalves, RS

Horários: de terças a sábados, das 11h30min às 13h30min e das 18h30min às 23h, aos domingos, das 18h30min às 23h.

Mais: site e Facebook

 

 

Santo Café Cafeteria Gourmet, em Bento Gonçalves (RS)

Taça Rocher. Foto: Kelly Pelisser

Taça Rocher. Foto: Kelly Pelisser

O Santo Café Cafeteria Gourmet é uma novidade em Bento Gonçalves (RS). No Centro, fica num edifício novo bem em frente ao presídio (eu demorei um pouco para encontrar sem essa referência, porque a numeração da rua não está na ordem. Mas não tem erro. É, literalmente, na frente da penitenciária). O destaque do lugar são os cafés especiais e as taças de sobremesas, que são decoradas por fora também, com chocolate e confeitos. O espaço tem uma decoração descolada, moderninha, com uma parede de quadro de giz e outra imitando pedras, com objetos de viagem e referências à música e gastronomia.

As taças de sobremesa custam entre R$ 19 e R$ 27. Todas têm fotos no cardápio e parecem muito bonitas. Tem Sensação, Duetto, Ninho, Negresco, Bombom, Kinder, Ferrero Rocher, Suspiro e Caramelo. Também tem um petit gateau diferente, com o sorvete numa casquinha no prato. Esse custa R$ 16. O cardápio conta ainda com cafés basiquinhos e outros incrementados, com Kit Kat, MMs, Bombom, Negresco, Pacoça e Irish Coffee. Também tem cafés gelados, chocolates quentes, sanduíches e torradas, pizzas, petiscos, focaccia, quiche, sopas, pavê, crostatas, brownie, entre outros. Para beber, cervejas, drinks, destilados e espumantes.

Lugar tem decoração descolada. Foto: Kelly Pelisser

Lugar tem decoração descolada. Foto: Kelly Pelisser

Escolhi uma das taças, a Rocher. Essa custa R$ 25, e vem com cobertura Moça de chocolate e crocantes (fiquei em dúvida se era amendoim ou castanha picada). Dentro tem sorvete de chocolate, ganache, calda de chocolate meio amargo e um bombom Ferrero Rocher e um morango e chantilly para decorar. Bom, o lugar é novo e já tem bastante movimento nos finais de semana. Acredito que ainda estejam se organizando. Porque os pedidos demoram (não só o meu), e também percebi que não tem um controle exato (me trouxeram, primeiro, uma taça que não era a minha). Mas nada que um pouco de paciência não resolva.

Bom, minha taça (a certa) chegou. Era linda mesmo! Mas, para o meu gosto, era um pouco doce demais, já que é apenas uma mistura de ingredientes (como um sorvete de buffet a quilo, cheio de enfeites. Hehe). Enche os olhos, sem dúvida. Fiquei curiosa para voltar e experimentar um dos cafés especiais e também o sanduíche que leva o nome da casa, com pão ciabatta, presunto parma, rúcula, figo e queijo.

 

Santo Café Cafeteria Gourmet

Onde: Rua Assis Brasil, 271, Edifício Merlot, sala 102, (bem em frente ao presídio), Centro, Bento Gonçalves, RS

Horários: de segunda a sábado, das 9h às 21h, e domingos, das 14h30min às 19h30min

Mais: Facebook

 

Turistas podem participar de poda de vinhedos em Bento Gonçalves

um dia de poda

Turistas participam de poda das videiras. Foto: divulgação

Todo ano, no inverno, os viticultores fazem a poda dos parreirais. O processo poderá ser conhecido de perto por turistas na Vinícola Larentis, no Vale dos Vinhedos, em Bento Gonçalves. Fazer a limpeza dos ramos em excesso da videira possibilita o equilíbrio da brotação, a renovação da produção nos parreirais e a melhora da qualidade das uvas. A atividade, batizada de “Um dia de poda”, será em sábados: no dia 30 de julho e no dia 6 de agosto, dia 6, sempre a partir das 14h30min. As vagas são limitadas para 20 pessoas. O valor para participar é R$ 40.

Os turistas, primeiro, acompanharão uma palestra de 30 minutos, que discorrerá sobre a poda na qualidade dos vinhos, com informações e curiosidades a respeito da produção vitivinícola. Em seguida serão fornecidas instruções para a poda e, depois, os visitantes vão colocar a mão na massa, ou melhor, na tesoura. O encontro encerra com uma visitação técnica à vinícola e degustação de vinhos e espumantes.

 

Um dia de poda

Onde: Vinícola Larentis, no Vale dos Vinhedos, em Bento Gonçalves

Quando: 30 de julho e 6 de agosto de 2016

Horário: 14h30min

Valor: R$ 40

Informações e reservas: (54) 3453.6469 ou larentis@larentis.com.br