Receitas saudáveis das oficinas da cozinha funcional da nutricionista Keli Vicenzi, em Caxias do Sul (RS)

Nutricionista Keli Vicenzi montou a 908 Cozinha Funcional no seu consultório. Foto: Luis Henrique, divulgação

Eu adorei o lugar e a ideia: a nutricionista Keli Vicenzi, de Caxias do Sul (RS), montou uma cozinha funcional dentro do seu consultório para ensinar receitinhas saudáveis. As oficinas são realizadas à noite em dias de semana ou em sábados durante o dia, com a participação de chefs ou outros profissionais. Os encontros funcionam como grandes trocas, onde além de cinco ou seis receitas, os participantes podem tirar dúvidas à vontade sobre nutrição e alimentação. Ah, e as oficinas são abertas a todos, não só a quem é paciente.

A Keli é nutricionista clínica e também professora universitária (ela coordena o curso de Nutrição da Faculdade Cenecista, em Bento Gonçalves) e diz que, desde o início da formação, tinha esse sonho de montar a cozinha. Já que, nem sempre o paciente entende exatamente qual a quantidade de uma colher ou xícara de um determinado produto. Ela também quer desmistificar alguns conceitos errados que as pessoas têm, como que se alimentar bem é complicado, difícil ou não é gostoso de verdade. Com a cozinha, ela consegue mostrar isso na prática e acabar com todas essas desculpas.

As oficinas têm sempre alguma temática, como sobremesas, marmitas ou comida vegana. A próxima será sobre comidas natalinas saudáveis. A ideia é, no futuro, também oferecer cursos direcionados a nutricionistas e realizar trabalhos individualizados com pacientes.

Eu participei de uma oficina para convidados na cozinha da Keli com o chef Gustavo Bonfiglio. Aprendemos duas receitas, um kibe vegetariano (feito com abóbora) e um ceviche com peixe de água de rio, um Saint Peter. O Gustavo é chef da rede de hotéis Dall’Onder e professor de Gastronomia. Enquanto ele prepara o prato, os participantes acompanham atentos e fazem perguntas, tanto ao chef, quanto à nutricionista, que vai explicando o porquê das escolhas (o peixe de rio no ceviche, por exemplo, é porque a contaminação com metais pesados não é tão presente como nos peixes de mar, comumente utilizados em ceviches). No final, recebemos as receitas por escrito. Eu amei o kibe de abóbora. Achei bem melhor do que o tradicional, de carne. E as duas receitas são super simples de preparar. Bem como a Keli falou: comer saudável é simples. A gente que acha complicado. Por isso, eu achei demais a ideia dessa cozinha. Abaixo, listo as próximas oficinas e também dou as receitas dos dois pratos que aprendi.

 

908 Cozinha Funcional, da nutricionista Keli Vicenzi

Onde fica: Avenida Itália, 277, sala 908, Edifício Platinum, bairro São Pelegrino, Caxias do Sul (RS)

Mais informações: pelo fone (54) 3538.3929 pelo WhatsApp (54) 98403.3279 ou pelo e-mail: Kelivicenzi.nutri@gmail.com

Facebookhttps://www.facebook.com/KeliVicenziNutricionista/

 

Próxima oficina

PREPARANDO SUA CEIA – MENU COMPLETO  PARA O SEU NATAL SAUDÁVEL
Quando: sábado, dia 09/12
Horário: das 8h30min às 12h
Valor: R$ 170 à vista ou 2x de R$ 90 (cheque ou cartão).

 

Receitas:

 

Ceviche de peixe branco. Foto: Kelly Pelisser

CEVICHE DE PEIXE BRANCO

Ingredientes (para quatro pessoas)

600g de Saint Peter ou robalo (o Saint Peter é uma escolha mais saudável)

500 ml de suco de limão

Pimenta dedo de moça a gosto

1 cebola roxa

Coentro a gosto

Sal

1 colher de chá de gengibre

Pimenta do reino

Azeite

Qual peixe usar? Deve-se usar peixes brancos, como robalo, linguado, badejo, namorado e etc.

Depois de limpo, corte o filé do peixe em cubos médios. É importante não cortar muito pequeno e nem muito grande. Coloque em um recipiente o peixe cortado, e por baixo um outro recipiente com gelo para manter a temperatura sempre baixa, e não alterar a textura do peixe.

Corte a cebola em juliene, ou seja, tiras bem finas. Retire as sementes da pimenta dedo de moça e corte em cubos bem pequenos, assim como o gengibre, e o coentro. Junte todos os ingredientes ao peixe já cortado.

Adicione o suco de limão a mistura, o azeite a gosto, e tempere com sal e pimenta. Sirva imediatamente bem gelado.

A essa mesma receita, pode-se adicionar outros frutos do mar como polvo, camarões e mariscos

 

Quibe de abóbora. Foto: Kelly Pelisser

QUIBE DE ABÓBORA

Ingredientes

3 e 1/2 xícaras (de chá) de abóbora cabotiá picada em pedacinhos

1 xícara (de chá) de trigo para quibe

1 e 1/2 xícara (de chá) de água quente

3 dentes de alho grandes picados

3 colheres (de sopa) de óleo vegetal

1/2 cebola grande picada

1/4 de xícara (de chá) de azeite

1 xícara (de chá) de cheiro verde picado

Pimenta do reino a gosto

Sal a gosto

Modo de preparo

Coloque o trigo para quibe em uma vasilha e jogue sobre ele a água quente, deixe descansando até hidratar, o que vai levar cerca de 15 minutos. Vai estar pronto quando toda a água secar. Quando você usa os ingredientes nesta proporção não precisa escorrer. Pré-aqueça o forno a 210ºC. Refogue a abóbora como preferir, você pode deixar ela com casca (desde que lave bem e ela seja, de preferência, orgânica) ou sem. Eu costumo refogar do jeito abaixo: Em uma panela antiaderente, refogue no óleo vegetal, o alho e a cebola picados até darem uma leve douradinha, coloque a abóbora picada em pedaços pequenos (cerca de 1cm de grossura e 3cmx3cm) e tempere com sal a gosto. Tampe e deixe cozinhando, mexendo de vez em quando para não queimar. Se sua

panela grudar, coloque um pouco de água (não coloque muito porque pode atrapalhar na liga do quibe). Espete o garfo de vez em quando para ver se os pedaços estão macios (quanto mais macios melhor, se quiser dê uma amassadinha com o garfo). Quando estiverem no ponto, tempere com pimenta do reino a gosto, adicione o azeite, o cheiro verde picado e desligue. Nesta altura, o trigo já vai estar hidratado. Adicione-o à mistura da abóbora e misture bem, até virar uma massa uniforme. Tempere com mais sal caso julgar necessário. Coloque a mistura em uma assadeira de tamanho médio (a minha tinha cerca de 25cmx20cm), e asse no forno já pré-aquecido por 30 minutos ou até dourar levemente. Espere esfriar por 10 minutos antes de servir, e se quiser, regue com azeite. Ou coloque gotas de limão. Está pronto!

 

Anúncios

AnaBel Alimentos Funcionais, em Caxias do Sul (RS)

Provei um suco e um pedaço de bolo de amendoim. Foto: Kelly Pelisser

Provei um suco e um pedaço de bolo de amendoim. Foto: Kelly Pelisser

A AnaBel Alimentos Funcionais abriu em um novo endereço recentemente em Caxias do Sul (RS). O estabelecimento ocupa uma sala junto ao centro estético Realce da Beleza, na Rua Sinimbu, nas proximidades da Rua 13 de Maio. A ideia das proprietárias Maribel Strassburguer e Ana Mendes é oferecer uma alimentação natural para uma vida saudável. Os itens não tem glúten ou lactose.

Gostei desse painel com as xícaras. Foto: Kelly Pelisser

Gostei desse painel com as xícaras. Foto: Kelly Pelisser

O espaço é pequeno. Basicamente, são duas mesas, com toalhas xadrez e garrafinhas com flores, um balcão e prateleiras. O lugar oferece sucos com misturas diversas, que funcionam como detox, relaxante, pré-treino e pós-treino, entre outros. Também tem uma linha light, com alimentos como estrogonofe de frango, salmão ao molho de maracujá, filé ao molho madeira e frango e legumes. Já na linha fitness, tem escondidinho de batata doce, de aipim ou de moranga, bolinhos proteicos e saladas. Há ainda caldos. Para lanche, tem bolos, muffins e salgados assados. Nas prateleiras, estão disponíveis biscoitinhos e bolinhos, que dá para levar para casa ou comer no lugar. Os itens dependem da disponibilidade. Os pratos principais estão congelados e são aquecidos.

Quando fui na AnaBel, provei um pedaço de bolo de amendoim, acompanhado do suco alto astral, que leva laranja, banana, manga e chia. Bem gostosinhos. A conta deu R$ 9.

 

AnaBel Alimentos Funcionais

Onde: Rua Sinimbu, 583, perto da Rua 13 de Maio, em uma sala do centro estético Realce da Beleza, bairro Nossa Senhora de Lourdes, Caxias do Sul, Caxias do Sul, RS

Horários: de terça a sábado, das 8h às 20h

Mais: Facebook

 

 

Almoço na Horta da Nonna, em Caxias do Sul (RS)

Peixe com crosta de amaranto acompanhado de legumes. Foto: Kelly Pelisser

Peixe com crosta de amaranto acompanhado de legumes. Foto: Kelly Pelisser

Eu já tinha feito um post sobre o café da Horta da Nonna, uma fruteira e loja de produtos orgânicos de Caxias do Sul, mas agora o espaço está cheio de novidades. O comércio, inaugurado em 2008 e remodelado em 2015, serve também almoço no bistrô e agora lançou um sistema de franquias.

Como ainda não tinha contado como é o almoço da Horta, vamos lá: é servido de segunda a sábado, das 11h às 14h, com cozinha própria. Há um cardápio fixo, onde você escolhe entre saladas, sanduíches, pratos quentes montados, ou também há opção de porções, sobremesas e sucos. As saladas saem por R$ 7,50 a R$ 14,90. Os sanduíches, entre R$ 13,50 e R$ 23,50.  Os pratos quentes têm opções entre R$ 22,90 e R$ 26,90. Tem nhoque, risoto, polenta, massas, peixe e entrecot. Alguns dos itens são vegetarianos. Também dá para pegar, separados, molhos, uma carne e acompanhamentos, como chips de banana ou aipim, batatas rústicas ou legumes. Para sobremesa, tem mousses, tarteletes, brownie, torta ou brigadeiro. Há itens com glúten, mas o pão integral do sanduíche pode ser substituído por pão sem glúten.

Fiquei em dúvida do que pedir, mas acabei escolhendo o pescado. O prato vem com peixe na crosta de amaranto, acompanhado de seleta de legumes e ervas da estação. Para acompanhar, um suco verde. Tem também opção de suco de frutas da estação, como, agora tem morangos e pêssegos, por exemplo. O pedido levou cerca de dez minutos para ficar pronto. O prato é bem grande, bem satisfatório para uma pessoa. Os legumes eram muitos: cenoura, abobrinha, couve-flor, brócolis, berinjela, vagem, e ainda tinha couve refogada com uma farofa de banana. Realmente, muito, muito gostoso. O peixe custa R$ 22,90 e um copo de suco pequeno sai por R$ 4, totalizando R$ 26,90 do almoço. Fiquei com vontade de voltar para provar o entrecot acompanhado de batatas rústicas. O local também é opção para tomar café da manhã ou fazer um lanche, que são servidos em todo o horário de funcionamento da casa.

Peguei um brownie da marca Yummy & Fit lá para levar para casa. É sensacional! Nem parece que leva ingredientes saudáveis. Vai cacau em pó, farinha de arroz integral, farinha de linhaça dourada, açúcar demerara, entre outros ingredientes. E tem coberturas variadas, de ameixa seca e coco, prestígio, ganache e castanhas. Cada um, com 150 gramas, custa R$ 10, com a opção de levar para casa ou ser servido no bistrô. É muita gostosura num lugar só.

 

Horta da Nonna

Onde: Rua Marechal Floriano, 64, (esquina com a Rua São José) Pio X, Caxias do Sul (RS)

Horários: de segunda a sexta, das 8h às 19h, e aos sábados, das 8h às 18h. O almoço é servido de segunda a sábado, das 11h às 14h.

Mais: site e Facebook

Novidades da Horta da Nonna: franquias, segunda unidade em Caxias do Sul e e-commerce

Bistrô serve lanches e almoços. Foto: Kelly Pelisser

Bistrô serve lanches e almoços. Foto: Kelly Pelisser

Eu já fiz um post contando sobre como é o bistrô da Horta da Nonna, um armazém com frutas, legumes e outros produtos orgânicos, além de ter um café lindo onde são servidas comidinhas saudáveis e almoço (aliás, semana que vem, conto em detalhes como é almoçar lá), no bairro Pio X, em Caxias do Sul, mas eles apresentaram hoje uma série de novidades para 2017. A Horta vai ganhar uma segunda unidade, ainda no primeiro semestre do próximo ano, em Caxias do Sul, num endereço a ser definido, mas na região dos bairros Lourdes e Exposição, dos mesmos proprietários. Ao mesmo tempo, também está lançando um sistema de franquias. A ideia é expandir a marca para outras cidades da Serra, Hortênsias e região Metropolitana de Porto Alegre, principalmente. Ainda não está definida onde será a primeira franquia, mas já há negociações com interessados em Bento Gonçalves, São Leopoldo e Passo Fundo.

Pão integral na Horta da Nonna, em Caxias do Sul

Empório oferece produtos orgânicos, naturais e integrais (como esse pão). Foto: Kelly Pelisser

Segundo eles e o consultor Gilmar Gianni, que deu todo o aporte para a organização do franchising, a Horta será a primeira franquia de bistrô e armazém de orgânicos do Brasil. São duas modalidades para o franqueado escolher. Uma apenas com o armazém, que tem a taxa de franquia de R$ 50 mil, mais taxa de royalties de 4% sobre o faturamento bruto mensal mais taxa de marketing de 1% do faturamento bruto mensal e previsão de investimento de R$ 150 mil. A outra engloba armazém e bistrô, como está configurada a unidade caxiense atualmente, com taxa de franquia de R$ 65 mil, mesmos percentuais de royalties e marketing ao mês do primeiro modelo, e previsão de investimento de R$ 250 mil. A estimativa é que o retorno venha entre dois a três anos. A franquia é formatada para cidades com mais de 80 mil habitantes, mas há projeção de um outro modelo no futuro de mini-franquias, para localidades menores.

Além da segunda loja em Caxias, a marca também irá lançar um e-commerce nos primeiros meses de 2017 para compra de produtos pela internet. A expectativa da Horta é ter oito unidades até o fim do próximo ano. A aposta se deve ao mercado de orgânicos, que não para de crescer no país, já que cada vez mais pessoas se conscientizam sobre a importância de consumir alimentos livres de agrotóxicos para manter a saúde em dia.

A história da Horta da Nonna começou em 2000, quando a agricultura Marisa Tonetta investiu na produção de orgânicos, após ter problemas de saúde. Em 2008, abriu um pequeno ponto de venda em Caxias. No ano de 2015, já com a filha dela, Camila Erlo, e o genro, Diogo Relosi, à frente do negócio, o espaço foi remodelado e ganhou o bistrô. Camila e Diogo contam que procuram nos franqueados, pessoas que acreditem na causa, já que muito mais do que um negócio, a Horta da Nonna vende uma proposta de estilo de vida, que convida a ser mais saudável e integrado à natureza.

 

Horta da Nonna

Onde: Rua Marechal Floriano, 64, (esquina com a Rua São José) Pio X, Caxias do Sul (RS)

Horários: de segunda a sexta, das 8h às 19h, e aos sábados, das 8h às 18h.

Mais: site e Facebook

FitLife Produtos Naturais, em Caxias do Sul

Provei um cupcake de coco e mirtilo, outro de cacau e brigadeiro, mais uma coxinha de batata doce e frango, acompanhados de suco. Foto: Kelly Pelisser

Provei um cupcake de coco e mirtilo, outro de cacau e brigadeiro, mais uma coxinha de batata doce e frango, acompanhados de suco. Foto: Kelly Pelisser

A FitLife é uma loja de produtos naturais em Caxias do Sul que acabou de mudar de endereço e agora ganhou também um café. O novo espaço fica na Rua Feijó Junior, 331, no mezanino da loja de roupas Sirlei Meyer (a entrada é a mesma da loja), bairro São Pelegrino. A loja vende alguns produtos a granel, como grãos, tem itens congelados, como lanches, e suplementos esportivos, além de ervas. Em meio às prateleiras, ficam mesinhas e um balcão onde estão doces e salgados para lanchar de forma saudável. Todos os itens são sem glúten e sem lactose com ingredientes orgânicos e funcionais. Entre os produtos estão hambúrgueres, pastéis, empadinhas, coxinhas, muffins, sucos smoothie, açaí na tigela. Não há um cardápio fixo, depende do dia para você encontrar determinada coisa.

Fitlife tem loja e café no bairro São Pelegrino. Foto: Kelly Pelisser

Fitlife tem loja e café no bairro São Pelegrino. Foto: Kelly Pelisser

Provei uma coxinha fit, de batata doce com recheio de frango, e dois cupcakes (é que não consegui decidir), um de cacau com brigadeiro (feito com leite de amêndoas) e outro com coco e mirtilo. Para acompanhar, um suco com abacaxi, couve e gengibre. Achei tudo bem gostoso. A conta deu R$ 17,50. Fiquei com vontade de voltar para provar uma torta de mousse, que tava com uma cara ótima.

 

Fit Life Produtos Naturais

Onde: Rua Feijó Junior, 331, Mezanino da loja de roupas Sirlei Meyer, em frente à padaria Pão Quente, bairro São Pelegrino, Caxias do Sul, RS

Horários: de segunda à sexta-feira, das 9h às 19h, e aos sábados, das 9h às 17h.

Mais: Facebook

 

ProLight Alimentos, alimentos funcionais congelados em porções individuais

 

Purê de aipim com carne de panela e mix de legumes (no outro prato). Foto: Kelly Pelisser

Purê de aipim com carne de panela e mix de legumes (no outro prato). Foto: Kelly Pelisser

Simplesmente amei a ideia dessa marca de Porto Alegre: a ProLight Alimentos faz refeições saudáveis em porções individuais congeladas. Em Caxias do Sul, tem para vender na Bioforte Produtos Naturais (que fica na Rua Feijó Júnior, no bairro São Pelegrino). Funciona assim: são  porções congeladas num saquinho embalado a vácuo divididas por grupo alimentar. Tem proteínas (carne, peixe e frango), carboidratos, legumes, sopas e lanches. Para montar um almoço ou janta, por exemplo, é legal pegar um carboidrato, uma proteína e um legume, por exemplo. Tudo é feito com acompanhamento de nutricionistas. Os produtos não têm conservantes, e são sem glúten e sem lactose, e os que têm carboidratos são de baixo índice glicêmico. Ou seja, muito legal para quem treina na academia, pratica algum esporte, está tentando manter o peso ou simplesmente quer ter uma vida mais saudável.

Saquinhos são embalados a vacuo e em porções para uma pessoa. Foto: Kelly Pelisser

Saquinhos são embalados a vacuo e em porções para uma pessoa. Foto: Kelly Pelisser

Os preços variam, mas dá para montar uma refeição com esses três grupos alimentares, por R$ 20 e poucos. Tem produtos que custam R$ 7,50, R$ 9,9, ou mais, se tiver carne. Na Bioforte, eles estão em uma geladeirinha à esquerda da porta de entrada. Para aquecer em casa, é só seguir as instruções. Normalmente, dois minutos e meio ou três minutos no micro-ondas. Ou encher uma panela de água, colocar o saquinho (ou os saquinhos) e deixar por oito minutos após iniciada a fervura. A validade dos produtos é de quatro meses a partir da data de fabricação. Ou seja, bem tranquilo de comprar vários e guardar no congelador ou freezer.

E a Prolight terá uma novidade a partir de novembro para Caxias: tele entrega, via site, para as pessoas se organizarem e planejarem a alimentação por semana, e, de quebra, não deixar faltar os produtos preferidos. Os pedidos realizados pela loja virtual no site deles até segundas-feiras serão entregues na sexta em Caxias, em horário agendado com o cliente. O pedido mínimo é de R$ 200 mais a taxa de entrega, que varia conforme o bairro. Quem não quiser ter o custo da entrega, poderá buscar os produtos na Bioforte.

Frango picadinho com vagem e cenoura acompanhado de arroz integral com quinoa e goji berry. Foto: Kelly Pelisser

Frango picadinho com vagem e cenoura acompanhado de arroz integral com quinoa e goji berry. Foto: Kelly Pelisser

O pessoal da Prolight me enviou alguns dos produtos. O strogonoff ao leite de amêndoas (é sem lactose, gente), um picadinho de frango com cenoura e vagem, um mix de legumes, um arroz integral com quiona e goji berry, um purê de aipim e uma carne de panela. As porções são pequenas, suficientes para uma pessoa mesmo. Fiz combinações: o purê com a carne de panelas e os legumes num dia, o picadinho e o arroz num outro. E o strogonoff fiz com um arroz integral da minha casa mesmo. Hehe. Tudo muito saboroso. Bem temperadinho, mas sem muito sal (gosto assim, menos sódio). Aliás, os produtos deles levam sal marinho ou sal rosa do himalaia. Adorei tudo e quero virar cliente! Porque, normalmente, comida congelada é sinônimo de ‘quilos’ de sódio e conservantes. As da Proligth têm gosto de feitas em casa, mas com a praticidade de ficarem prontas em minutos e não sujarem panelas (amei isso!). Um super incentivo para seguir na linha da alimentação saudável mesmo quando se tem preguiça ou não se tem tempo. Quem não me conhece, pergunta como consigo manter a forma indo a todos os restaurantes que posto aqui no blog. Pois bem, além de exercícios (musculação e natação há anos), gosto muito de comer saudável (bem no estilo da Prolight, por isso, adorei a marca, a ideia de negócio). Os doces e comidas cheias de calorias são exceção. Não acho legal nem oito nem oitenta. Temos que achar um meio termo e manter a alimentação regrada no dia a dia, mas nos permitir alguns caprichos vez por outra.

Fiquei bem doida pra provar também os snacks da Prolight. Eles têm crepe funcional de carne de panela, coxinha funcional, empada funcional e salgados hiperprotéicos (bom para o pós-treino), entre outros. Que raios é esse funcional? Eles são “do bem”, ajudam a manter a saúde e dão aquele up para quem treina. Por exemplo, a massa da coxinha leva batata doce, farinha de linhaça e clara de ovo.  Também acho que deve ser bom o escondidinho (eu amo escondidinho), o nhoque de batata doce, e o filé de St. Peter (um peixe) com crosta de amêndoas e aveia. Na verdade, tudo no cardápio (que é bem vasto) parece bom. Hehe. E o pessoal da Bioforte é bem legal para explicar sobre os produtos, se você tiver dúvidas. Recomendo muito. E quero todos para o almoço, janta e lanches. Ahaha.

 

Onde comprar em Caxias do Sul:

Bioforte Produtos Naturais

Onde: Rua Feijó Júnior, 901, bairro São Pelegrino, Caxias do Sul, RS

Horário: de segunda à sexta, das 9h às 19h, aos sábados, das 9h às 14h.

Telefone: (54) 2992.2402

Mais: site Facebook

 

ProLight Alimentos

Endereço: Avenida Plínio Brasil Milano, 2244 – Porto Alegre

Telefone: (51) 3028.2251

WhatsApp: (51) 9512.5712

Mais: site Facebook

 

 

 

Tudo em Grãos

venda de graos a granel

Frutas secas a granel estão entre os itens da loja. Foto: Kelly Pelisser

O nome já entrega o que a Tudo em Grãos oferece. A loja nasceu em Caxias do Sul (RS), ganhou uma filial na cidade, e depois o negócio cresceu e virou franquia. Já há lojas em Passo Fundo, Carlos Barbosa e Farroupilha e a previsão de abrir uma em Bento Gonçalves. As lojas vendem produtos a granel, especialmente grãos, mas não só. Além de outros itens para quem busca uma alimentação saudável, como pães integrais, tapioca, pasta de amendoim, chocolate 70% cacau.

venda a granel

Farinhas e colégeno também podem ser comprados por peso. Foto: Kelly Pelisser

Dos itens vendidos por peso, tem arroz cateto, cacau em pó, feijão, flocos de arroz, colágeno, goiaba desidratada, açaí em pó, coco ralado, farinhas diversas (de cenoura, de batata doce, de amêndoas), açúcar demerara e sal do Himalaia. Só para citar alguns itens, além dos tradicionais, como castanha do Pará, chia e aveia.  Acho interessante que eles também têm opções de grãos com sabores para servir de aperitivo ou snack doce ou salgado, como amêndoa confeitada, avelã caramelizada, milho torrado com pimenta e limão ou com sabor pizza ou ainda com mostarda e mel, amendoim crocante com queijo e manjericão, amendoim com cebola e salsa. Já os chás e temperos, ao menos na loja em frente ao shopping San Pelegrino, estão embalados em pacotinhos já.

Endereços em Caxias do Sul:

Bairro Exposição – Rua Os 18 do Forte, 920

Bairro São Pelegrino – Avenida Rio Branco, 400, esquina com Augusto Pestana (em frente ao Shopping San Pelegrino).

Confira o endereço das lojas em Carlos Barbosa, Farroupilha e Passo Fundo no site da Tudo em Grãos.