Coleção moda praia e fitness da Yang, de Caxias do Sul

Moda fitness tem telas para um jogo de esconde e revela. Foto: Micael Oliveira, divulgação

Moda fitness tem telas para um jogo de esconde e revela. Foto: Micael Oliveira, divulgação

O Grupo Yang, super conhecido pelos modeladores corporais, está lançando sua coleção verão 2017 de moda praia e fitness. A empresa de Caxias do Sul tem 12 anos, e há três, já vem apostando nesses segmentos que só crescem no país. Hoje, praia e fitness, que já estão na quarta coleção, representam 20% do faturamento da Yang. Fui conhecer a fábrica e a loja anexa, na Rua Jacó Brunetta, no bairro Santa Catarina, e achei tudo muito bacana.

Amei a estampa desse maiô, super chique. Foto: Micael Oliveira, divulgação

Amei a estampa desse maiô, super chique. Foto: Micael Oliveira, divulgação

São 37 modelos, com inspiração na natureza e nas formas do corpo feminino. São biquínis, maiôs, saídas de praia, leggings, tops, regatas, bodies e saias-calção, tanto em tamanhos menores quanto plus size. Tem umas combinações lindas de preto e branco, além de umas estampas bem alegres e super modernas. Os tecidos e modelagens dão uma sustentação bem boa, para não se preocupar se tudo está no lugar na praia ou na academia. Sim, tudo está bem firme.

O cinza ganha uma renovada com os detalhes.  Foto: Micael Oliveira, divulgação

O cinza ganha uma renovada com os detalhes. Foto: Micael Oliveira, divulgação

A ideia é seguir o mesmo objetivo dos modeladores, o carro-chefe da marca: definir, modelar, sustentar.  As calças são cintura alta, e a calcinha dos biquínis ou é hot pant ou é mais larguinha. Vários dos tops têm bojo removível, legal para lavar ou para quem não gosta de usar sempre. A lateral dos biquínis é mais larga e com o busto que dá uma boa sustentação.

Vários dos biquinis tem composição com hot pant.  Foto: Micael Oliveira, divulgação

Vários dos biquinis tem composição com hot pant. E atentem para o detalhe da tira no meio do busto. Foto: Micael Oliveira, divulgação

As leggings têm detalhes lindos em tela ou são flare (mais larguinhas embaixo), super em alta agora. Algumas têm um tecido chamado de blackout, que promete “apagar” qualquer imperfeição. Todas as peças foram criadas pela estilista e pesquisadora de moda Verônica Zini. O objetivo foi justamente fazer peças mais fechadas, mais elegantes, para acompanhar a versatilidade da mulher urbana. Assim, os maiôs, por exemplo, podem tranquilamente sair da piscina e ganhar um short ou uma saia longa para ir a um restaurante jantar, por exemplo. As novas coleções poderão ser encontradas nas 11 lojas da Yang no Brasil ou com uma das três mil consultoras da marca.

E essa estampa, gente?  Foto: Micael Oliveira, divulgação

E essa estampa, gente? Foto: Micael Oliveira, divulgação

 

Amei esse tecido.  Foto: Micael Oliveira, divulgação

Amei esse tecido. Foto: Micael Oliveira, divulgação

Yang Modeladores

Onde: fábrica e loja na Rua Jacó Brunetta, 1597, bairro Santa Catarina, Caxias do Sul, RS

Horário: de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h

Mais: site e Facebook

 

 

Anúncios

Resenha: Maybelline Baby Lips

maybelline baby lips

O meu é esse rosinha aí. Foto: Kelly Pelisser

A resenha de hoje é sobre um produtinho que super vale a pena: barato e faz milagre! É o Maybelline Baby Lips, um balm em formato de batom.  O meu é esse aí, o Pink Punch, que colore a boca de rosa, bem de leve. Mas tem também em outras cores, cereja ou pêssego, e incolores, com sabores variados. O produto é um hidratante e protetor labial. E, sim, ele regenera na hora os lábios, como mágica. Claro, se estiverem ressecados demais, vai precisar de alguns dias para completar o trabalho. Você pode passar só ele, e já fica com um brilho nos lábios, ou pode passar batom por cima ainda.

A Maybelline promete oito horas de hidratação, reparação em até quatro semanas, FPS 20, e uma fórmula que favorece a produção de colágeno, reparando os lábios.

O preço dessa maravilha? Eu paguei R$ 11. Mas, no máximo, você encontra por R$ 15 por aí. E acha bem fácil, em farmácias (como a Panvel) ou supermercados (no Zaffari tem). É um dos meus itens queridinhos pra ter sempre na bolsa.

Resenha: Neutrogena Ultralight Contorno dos Olhos

Neutrogena ultralight contorno dos olhos

Tem que aplicar duas vezes ao dia, de manhã e de noite. Foto: Kelly Pelisser

Eu tenho 32 anos. Sou nova, mas, reparei, nos últimos tempos, que a pele logo abaixo dos olhos não estava lá essas coisas. Parecia mais ressecada que outras áreas e as manchas do acúmulo de anos de sol começavam se intensificar. E o hidratante normal do rosto não estava dando conta. Ai, ai. Resolvi aderir aos cremes específicos para a área.

Dei uma pesquisada na internet sobre aqueles que custavam na faixa dos R$ 50 (um tanto mais ou um tanto menos, mas eliminei os bem mais caros). Li sobre o da Nivea, o da L’Oreal e o da Panvel. Mas resolvi arriscar o Neutrogena Ultralight Contorno dos Olhos. Faz, mais ou menos, um mês que estou usando e estou gostando muito do resultado. Na embalagem, ele promete atenuar linhas de expressão, suavizar bolsas e clarear olheiras, deixando o olhar descansado e revitalizado. É bem fácil de usar, tem apenas que passar uma pequena quantidade abaixo dos olhos pela manhã e à noite, diariamente, com o rosto limpo. Aliás, se você usou um demaquilante logo antes ou outro produto levemente abrasivo, lave bem o rosto antes de aplicar, porque pode arder levemente. Se não tiver nada, você nem sente. Tem uma consistência bem boa e a pele absorve rápido. É pequeninho, 15 gramas, mas dura toda a vida, porque você só passa uma quantidade mínima por vez (o bico dosador é ótimo). Custa na faixa dos R$ 42 a R$ 45.

Não pode esquecer de usar duas vezes ao dia para fazer efeito. E, sim, percebi a diferença. A área parece bem mais hidratada e macia. Não tenho olheiras normalmente, então, não sei se ele realmente clareia. Não é milagre, mas estou satisfeita com o resultado. Por mim, está aprovado. E aí, gurias, vocês usam algum produto nesse estilo? Contem aqui.

Resenha: Granado Manteiga Emoliente, para pés, cotovelos e joelhos

Manteiga Emoliente Granado

Acho fofo o potinho vintage. Foto: Kelly Pelisser

Eu adoro maquiagem e itens de beleza (mas não compro nada muito caro. Acho que minhas maiores extravagâncias são uns itens da MAC). A ideia é falar de produtinhos que eu amo aqui no blog também, aqueles que eu considero verdadeiros achados. Vou começar por um queridinho que eu já uso há anos, a Granado Manteiga Emoliente. As gurias sabem que pés, cotovelos e joelhos merecem uma atenção especial, que só aquele creme básico do corpo não rola. Esse item faz parte da linha Pink da Granado. Tem 60 gramas, um cheiro delícia e uma consistência muito boa, lisinha e que some na pele quando se passa. Eu costumo comprar na Panvel ou no Zaffari, aqui no RS, e custa em torno de R$ 31. Aliás, todos os itens da Granado que eu já testei, eu amei. E ainda vem numas embalagens vintage bem queridas.

Eu até já testei outros cremes com essa função, com um preço parecido ou menor, mas não achei nenhum tão bom quanto esse e com esse cheirinho. Já tentei usar aquele básico da Nivea (aquele azul, bem tradicional), que é para áreas mais ressecadas, mas, pra mim, não funcionou tanto. Esse tem 60 gr e sai por R$ 15, em média. Também já tentei a Manteiga Hidratante Para Pernas E Pés da Panvel Vert Castanha Do Brasil. Esse vem com 65g e preço R$ 13,99. Até gostei, mas o resultado não foi tão bom quanto o da Granado. Testei ainda o Bepantol Derma Creme. Esse funciona bem, também custa R$ 31 (o mesmo preço daquele da Granado) mas a embalagem é menor, com 20 gr. O que não curti muito é que ele é bem estilo pomada (inclusive na embalagem), então tem cheiro e consistência de remédio. E, quando você passa, fica branquinho. A pele não absorve de imediato. Por isso, meu campeão e queridinho é a Manteiga Emoliente da Granado. E vocês, gurias, qual é o creme para áreas ressecadas que vocês mais gostam?