Vinhos da indicação geográfica Farroupilha chegam ao mercado

indicação geográfica vinhos farroupilha embrapa

João Carlos Taffarel, analista da Embrapa Uva e Vinho e também presidente da Afavin, na avaliação sensorial dos vinhos. Foto: Viviane Zanella, divulgação

Depois de Monte Belo do Sul lançar seus primeiros vinhos com o selo de indicação geográfica (IG) no início de junho, agora é a vez de Farroupilha. Os primeiros produtos da IG Farroupilha devem estar à disposição dos consumidores entre junho e julho. Mas uma cerimônia oficial de lançamento está programada para setembro. Dois vinhos e quatro espumantes, todos moscatéis, apresentados pelas vinícolas participantes da Associação Farroupilhense de Produtores de Vinhos, Espumantes, Sucos e Derivados (Afavin), foram degustados às cegas e aprovados por unanimidade pelos enólogos que compõem o Conselho Regulador da IG Farroupilha, no laboratório de Análise Sensorial da Embrapa Uva e Vinho de Bento Gonçalves.

Segundo João Carlos Taffarel, analista da Embrapa Uva e Vinho e também presidente da Afavin, os vinhos com a IG já vão chegar ao mercado, mas o lançamento oficial irá acontecer na entrega de prêmios da Seleção de vinhos de Farroupilha, evento que antecede a abertura do Festival do Moscatel, previsto para os dois primeiros finais de semana de setembro. O certificado de registro da IG Farroupilha para vinhos finos moscatéis foi outorgado pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) em outubro de 2015.

Para o chefe-geral da Embrapa Uva e Vinho, Mauro Zanus, todos os produtos avaliados apresentam a tipicidade das uvas moscatéis, característica que é a base dos vinhos da região. Ele complementa que as IGs buscam valorizar as regiões vitícolas do Rio Grande do Sul. A indicação de Farroupilha possui a particularidade de ter, no interior da área geográfica delimitada, uma Região Delimitada de Produção de Uvas Moscatéis. A principal variedade é a tradicional Moscato Branco, historicamente cultivada no município. Este tipo de uva não é encontrada em outras regiões produtoras fora do Brasil. As outras variedades autorizadas para que os produtos tenham o selo são todas moscatéis, incluindo: Moscato Bianco, Malvasia de Cândia, Moscato Giallo, Moscatel de Alexandria, Malvasia Bianca, Moscato Rosado e Moscato de Hamburgo.

Além de Monte Belo e Farroupilha, Flores da Cunha e Pinto Bandeira também têm indicação geográfica para vinhos. O Vale dos Vinhedos, em Bento Gonçalves, possui denominação de origem para a bebida.

Uma resposta em “Vinhos da indicação geográfica Farroupilha chegam ao mercado

Deixe uma resposta para Anderson Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s