Vinhos da indicação geográfica Farroupilha chegam ao mercado

indicação geográfica vinhos farroupilha embrapa

João Carlos Taffarel, analista da Embrapa Uva e Vinho e também presidente da Afavin, na avaliação sensorial dos vinhos. Foto: Viviane Zanella, divulgação

Depois de Monte Belo do Sul lançar seus primeiros vinhos com o selo de indicação geográfica (IG) no início de junho, agora é a vez de Farroupilha. Os primeiros produtos da IG Farroupilha devem estar à disposição dos consumidores entre junho e julho. Mas uma cerimônia oficial de lançamento está programada para setembro. Dois vinhos e quatro espumantes, todos moscatéis, apresentados pelas vinícolas participantes da Associação Farroupilhense de Produtores de Vinhos, Espumantes, Sucos e Derivados (Afavin), foram degustados às cegas e aprovados por unanimidade pelos enólogos que compõem o Conselho Regulador da IG Farroupilha, no laboratório de Análise Sensorial da Embrapa Uva e Vinho de Bento Gonçalves.

Segundo João Carlos Taffarel, analista da Embrapa Uva e Vinho e também presidente da Afavin, os vinhos com a IG já vão chegar ao mercado, mas o lançamento oficial irá acontecer na entrega de prêmios da Seleção de vinhos de Farroupilha, evento que antecede a abertura do Festival do Moscatel, previsto para os dois primeiros finais de semana de setembro. O certificado de registro da IG Farroupilha para vinhos finos moscatéis foi outorgado pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) em outubro de 2015.

Para o chefe-geral da Embrapa Uva e Vinho, Mauro Zanus, todos os produtos avaliados apresentam a tipicidade das uvas moscatéis, característica que é a base dos vinhos da região. Ele complementa que as IGs buscam valorizar as regiões vitícolas do Rio Grande do Sul. A indicação de Farroupilha possui a particularidade de ter, no interior da área geográfica delimitada, uma Região Delimitada de Produção de Uvas Moscatéis. A principal variedade é a tradicional Moscato Branco, historicamente cultivada no município. Este tipo de uva não é encontrada em outras regiões produtoras fora do Brasil. As outras variedades autorizadas para que os produtos tenham o selo são todas moscatéis, incluindo: Moscato Bianco, Malvasia de Cândia, Moscato Giallo, Moscatel de Alexandria, Malvasia Bianca, Moscato Rosado e Moscato de Hamburgo.

Além de Monte Belo e Farroupilha, Flores da Cunha e Pinto Bandeira também têm indicação geográfica para vinhos. O Vale dos Vinhedos, em Bento Gonçalves, possui denominação de origem para a bebida.

Anúncios

Uma resposta em “Vinhos da indicação geográfica Farroupilha chegam ao mercado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s